Menu
SADER_FULL
terça, 22 de junho de 2021
Busca
Brasil

Extrajudicial já realiza maioria das separações consensuais

27 Jan 2010 - 17h48Por TJ / MS

 
No ano de 2009, em Mato Grosso do Sul os cartórios extrajudiciais averbaram 2.384 separações consensuais, enquanto o número de separações em âmbito judicial corresponderam a 2.161 sentenças, proferidas no mesmo período.

Também foram averbados 3.287 divórcios consensuais em cartórios extrajudiciais, e na justiça comum foram proferidas 1.513 sentenças de mesma ordem.

A Lei nº 11.441, de 4 de janeiro de 2007, promulgada há três anos, permite a qualquer cidadão formalizar divórcio, separação, inventário e partilha em cartório, quando não houver interesse de incapazes (filho) e a realização for consensual, de forma administrativa, sem a presença de um juiz.

A medida moderniza e desafoga o judiciário, considerando o fato de o cidadão poder resolver uma demanda amigável apenas com a presença de um advogado e um notário. A separação passa a ser feita por escritura pública, realizada com simplicidade e com o mesmo valor legal para averbação de imóveis e inventários, que antes só eram possíveis pela homologação do juiz.

Em Campo Grande, nove cartórios realizam esses serviços, sendo 133 em todo o Estado. Segundo informações da Corregedoria-Geral de Justiça, atualmente uma escritura de separação custa R$ 90,00 com base na tabela anexa à Lei Estadual nº 3.003/05, que dispõe acerca dos emolumentos dos atos praticados pelos serviços notariais de registro civil.

Judicial - Para o juiz titular da 4ª Vara de Família de Campo Grande, Luiz Antônio Cavassa, a lei não surtiu efeito prático nas varas de família, pois a maioria das ações de divórcio e separação vem da defensoria pública, relacionadas a pessoas que não teriam condições de pagar a taxa e os atendimentos vêm se mantendo no mesmo patamar.

“Além disso, sentimos que muitos casais se sentem mais seguros em fazer o divórcio ou separação diante do juiz, e muitas vezes conseguimos transformar separações litigiosas em consensual, que é menos traumática, mais rápida e econômica para as partes”. 

De acordo com o assessor jurídico da 4ª Vara de Família, Fernando Teixeira Rodrigues, quando a separação ou divórcio é consensual, os procedimentos também são rápidos em âmbito judicial, solucionando a demanda em cerca de uma semana.

Facilidades
De acordo com o tabelião titular do 9º Serviço Notarial e de Registro Civil da 2ª Circunscrição, Gustavo Barbosa dos Santos Pereira, basta que o tabelião confira a documentação apresentada e lavre a escritura,  para que a separação seja realizada no ato.

No caso do divórcio, o procedimento é ainda mais rápido. “Inclusive para se fazer um inventário, em que é necessária a apresentação de mais  documentos, a certidão pode ser emitida em no máximo uma semana”, informa o tabelião.

Na opinião do presidente da Associação dos Notários e Registradores de MS, Paulo Francisco Coimbra Pedra, a lei representou um grande avanço na vida das pessoas,  pois em função da demora, principalmente as pessoas de baixa renda realizavam apenas a separação de fato, sem oficializá-la.

A PEC do Amor
De acordo com o professor e advogado especialista em Direito de Família, Marco Túlio Murano Garcia, a população enxerga como uma vantagem a possibilidade de divórcio em cartório extrajudicial, pois se eliminam as formalidades de um processo judicial.

“A tendência é que mesmo os casais com filhos menores possam fazer o divórcio em âmbito extrajudicial e resolver, em juízo, apenas as questões em desacordo.

Por exemplo, se o casal concorda quanto aos termos da partilha, mas não quanto à guarda, apenas a guarda será discutida em âmbito judicial e a partilha homologada em cartório”.

Atualmente, existem a conversão de separação em divórcio e o divórcio direto. O especialista informou que a Proposta de Emenda Constitucional nº 413/05, chamada de PEC do Amor, já foi aprovada pela CCJ do Senado e deve ser sancionada.

A emenda pretende acabar com a separação e a partir daí haverá apenas o divórcio, que poderá ser feito no mesmo dia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JOGOS ONLINE
Expectativas para legalização de jogos de azar movimenta mercado internacional
Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOSE ÚNICA
Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo
VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai