Menu
SADER_FULL
quarta, 22 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Exportação de vinhos brasileiros para a Holanda cresce 150%

1 Fev 2011 - 13h42Por

As vinícolas brasileiras aumentaram em 150% o valor exportado para a Holanda em 2010, na comparação com 2009.

Segundo informações levantadas pelo projeto Wines of Brasil (Wof), realizado em parceria entre o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), os vinhos brasileiros vendidos à Holanda faturaram US$ 250,5 mil no ano passado, ante US$ 101 mil em 2009.

Este crescimento ocorreu em razão dos eventos realizados na Holanda em parceria com o Ministério das Relações Exteriores”, afirma a gerente de Promoção Comercial do Wof, Andreia Gentilini Milan.

O volume exportado também cresceu no mesmo ritmo. Em 2009, foram colocados 21 mil litros de vinhos brasileiros na Holanda, contra 52 mil litros em 2010. Empresas como Casa Valduga, Lidio Carraro e Miolo, sempre presentes nos eventos promovidos na Holanda, aumentaram significativamente suas vendas para o país dos moinhos.

A Lidio Carraro dobrou suas exportações para a Holanda em 2010; as da Casa Valduga cresceram quatro vezes; e a Miolo aumentou em mais de cinco vezes as suas vendas.

Andreia lembra que, nos últimos anos, estão sendo promovidas diversas degustações de vinhos brasileiros em parceria com o Itamaraty e a Embaixada do Brasil nos Países Baixos.

“Tanto em Amsterdã como em Haia convidamos críticos, jornalistas, sommeliers e compradores holandeses para apreciarem os produtos verde-amarelos. O resultado positivo é demonstrado pelo aumento nos negócios das vinícolas brasileiras”, ressalta.

O último evento na Holanda com participação dos vinhos brasileiros foi a Feira de Alimentos e Bebidas Horecava, realizada de 10 a 13 de janeiro.

Em sua 5ª edição, no centro de exibições RAI de Amsterdam, a feira reuniu 540 expositores de cerca de 30 países, atraindo mais de 51 mil visitantes, em sua maioria proprietários ou gerentes de restaurantes, hotéis e empresas das áreas de alimentos e bebidas.

“A Holanda possui características bem peculiares de consumo, é um país aberto a novos produtos”, comenta Ivens Signorini, da Embaixada do Brasil nos Países Baixos. “Os consumidores gostam de vinhos modernos e frutados, como os brasileiros”, comenta.

Ao contrário dos outros setores de bebidas alcoólicas, o mercado de vinhos na Holanda não é dominado por marcas. No total, há mais de 30 mil diferentes vinhos disponíveis.

“O mercado de vinhos é o único das bebidas alcoólicas que está crescendo nos Países Baixos”, aponta Ivens. Aurora, Casa Valduga, Lidio Carraro, Miolo, Salton e Vinibrasil já exportam para a Holanda.(Apex-Brasil)

Deixe seu Comentário

Leia Também

HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada
CARROS SEMINOVOS
Como fazer uma boa escolha de veículos seminovos
LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas