Menu
SADER_FULL
quinta, 4 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Exército reforma blindados paraguaios em Dourados

25 Abr 2007 - 08h42
O 28° B Log (Batalhão Logístico) de Dourados, situado no Forte Guaicurus e subordinado à 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, inicia daqui a duas semanas o conserto de pelo menos 40 tanques blindados das Forças Armadas do Paraguai. O trabalho corresponde a uma parceria entre o Brasil e o país vizinho para reestruturação da “frota amiga”.

Na tarde desta terça-feira chegaram à oficina mecânica do 28° B Log quatro veículos modelo “Urutu”, de fabricação brasileira, que serão consertados pelos soldados de Dourados. Esses veículos estavam no distrito de Cerrito, uma das bases das Forças Armadas do Paraguai.

Para a locomoção dos veículos até Dourados foram utilizadas quatro carretas do Exército brasileiro. Cada uma delas transportou um blindado. O transporte até a fronteira foi feito pelo Exército paraguaio.

De acordo com informações dos soldados douradenses, a reforma vai começar após averiguações e constatações da situação em que cada veículo chegou a Dourados.

PARCERIA
A parceria feita entre os Ministérios de Relações Exteriores dos dois países visa a integração das Forças Armadas na realização de ações em prol da infra-estrutura das entidades.

De acordo com o subtenente Antunes, do setor de comunicação social do 28º B Log, pelo menos R$ 1,5 milhão foram liberados para o início das atividades, que pretendem se estender pelos próximos dois anos.

“Os blindados que estavam encostados apresentam muitas avarias e estão totalmente depreciados pelo tempo que ficaram ao relento no país vizinho”, disse Antunes.

O trabalho de conserto dos veículos deve abranger toda a estrutura dos blindados – mecânica, elétrica e pintura – em um serviço interno e externo bastante complexo.

De acordo com Antunes, os soldados do 28° B Log terão muito serviço pelos próximos anos e podem adquirir muita experiência para, posteriormente, ingressarem no mercado de trabalho, já que, segundo ele, a mecânica dos blindados se assemelha muito à de caminhões que circulam no Brasil. Pelo menos oito soldados paraguaios farão um intercâmbio para aprender mais sobre o conserto dos veículos.

Ainda segundo ele, os possíveis benefícios com a vinda dos veículos seria o aquecimento da economia nacional ou regional, já que a compra de peças será feita toda no Brasil, além do aperfeiçoamento das técnicas e mão de obra dos soldados, principalmente em Dourados.

“Não vejo isso como um ‘serviço alheio’. Temos muitas expectativas a respeito e o Exército ganhará muito com este trabalho”, disse Antunes.

A princípio, a verba destinada ao conserto dos veículos é proveniente da parceria entre os Ministérios de Relações Exteriores dos dois países. Entretanto, o Exército informou que a verba veio do Ministério do Brasil.

A reportagem do Diário MS entrou em contato via e-mail com os ministérios de Relações Exteriores e da Defesa para ter acesso às informações específicas sobre a parceria entre os países, mas não obteve respostas.

De acordo com informações do Exército esses blindados retornarão ao Paraguai depois de consertados e nenhuma atividade militar está sendo cogitada para “explicar” o conserto. “A reforma é um exercício de aperfeiçoamento das tropas e da logística”, disse Antunes.
 
 
Diário MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

VÍDEO - CAPIVARA BOA DE MERGULHO
Capivara boa de mergulho é flagrada em rio de MS, assista
CASO DE POLÍCIA
Patroa é presa sob suspeita de homicídio culposo após filho de empregada cair do 9º andar
LUTA PELA VIDA
Cantora gospel que morreu por coronavírus, fez vaquinha para pagar tratamento
ELEIÇÕES 2020
Vai ter eleição, TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano
BOA NOTICIA
Auxílio emergencial deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300
TRAGEDIA
Empregada vai passear com cachorro, deixa filho com patroa e menino morre ao cair de prédio
FUTEBOL
Clubes de futebol brasileiros se unem contra homofobia
ASSUSTADOR E REAL NO BRASIL
Com uma morte por minuto, Brasil registra 1.349 mortes por coronavírus nas últimas 24h, novo recorde
JULGAMENTO
TSE julga se cassa Bolsonaro e vice a partir de terça
AUXILIO DOENÇA
Como pedir concessão e prorrogação do auxílio-doença durante pandemia