Menu
SADER_FULL
quarta, 21 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Exército monta barreiras na fronteira do Estado

30 Ago 2004 - 07h00
O Exército está ajudando os fiscais da Agência Estadual de Vigilância Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), a fazer barreiras em toda a faixa de fronteira. A preocupação é com a entrada de gado paraguaio no Brasil.

Os técnicos querem impedir que a febre aftosa ataque os rebanhos de Mato Grosso do Sul. Foram montadas duas barreiras na cidade de Paranhos, uma em Coronel Sapucaia, Aral Moreira e Sete Quedas. A operação Boiadeiro IV conta ainda com o reforço da Polícia Militar.

De acordo com a assessoria de imprensa, o número do efetivo de homens vai depender do planejamento da Iagro, que deve ser repassado ainda nesta semana.

“Já apoiamos a fiscalização em anos anteriores e, a média é 150 homens”, explicou o major Marco Antonio de Freitas Coutinho, chefe da seção de comunicação social do CMO.

O Comando disponibiliza viaturas para os fiscais, além de montar barracas, fornecer água e gerador. “Também oferecemos o serviço de inteligência, que pode ajudar a apontar rotas clandestinas de tráfego de gado”, concluiu.
 
TV Sulamerica

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos
VEJA VIDEO
Índio precisa buscar socorro a cavalo após ataque de onça
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filha de 9 anos flagra pai estuprando menina de 5 na lateral da casa
AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio emergencial: 5,6 milhões de pessoas recebem nesta terça-feira
FAMOSIDADES
Luan Santana e Jade Magalhães terminam noivado de 12 anos
CORONAVIRUS NOS ANIMAIS
Gato é o primeiro animal no Brasil que testa positivo para o Coronavirus
ABSURDO
Enfermeiros, fisioterapeuta e médico são afastados após denúncia de estupro na UTI
BRASIL - 153.905 MORTES
Brasil registra 10,9 mil novos casos de covid-19 em 24 horas
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa paga hoje auxílio emergencial de R$ 300 a 1,6 milhão do Bolsa Família