Menu
SADER_FULL
terça, 7 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Exame de sangue pode detectar câncer de mama

23 Jun 2010 - 08h43Por Terra

As mulheres podem contar no futuro com o exame de sangue para diagnosticar o câncer de mama antes mesmo do aparecimento de qualquer sinal dele. Cientistas do Centro de Pesquisa de Câncer Fred Hutchinson, de Seattle, Estados Unidos, descobriram que níveis elevados da proteína receptor do fator de crescimento epidérmico indicariam a doença com mais de um ano de antecedência.

A equipe analisou amostras de sangue colhidas até 17 meses antes de a patologia ser detectada em 400 pacientes e compararam com as de um grupo de pessoas sem o problema. Os resultados mostraram que quem tinha taxas mais altas da proteína apresentava quase três vezes mais chances de desenvolver câncer de mama, segundo o jornal Daily Mail.

O líder da pesquisa, Christopher Li, disse que é muito cedo para o teste ser usado como diagnóstico. No entanto, se novos estudos indicarem sua eficácia, pode integrar a lista de alternativas médicas. O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima 49.240 novos casos da doença para 2010.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem