Menu
SADER_FULL
sexta, 24 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Ex-prefeito de Rio Brilhante perde direitos políticos

8 Jul 2010 - 10h26Por Conjuntura Online

O ex-prefeito do município de Rio Brilhante, Paulo Ézio Cuel foi condenado por improbidade administrativa, resultado de Ação Civil Pública movida pela 1ª Promotoria de Justiça de Rio Brilhante.

A Promotora de Justiça, Paula da Silva Santos Volpe, que esteve à frente do caso, propôs a ação após constatar irregularidades na compra de materiais de construção sem processo licitatório.

Desde 2008 o inquérito tramitava no Tribunal de Justiça Mato Grosso do Sul e em junho deste ano foi proferida a sentença. Por conta da ação Paulo Cuel teve os direitos políticos suspensos pelo prazo de cinco anos e multa correspondente ao pagamento ao maior salário do executivo à época, com valores corrigidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada