Menu
SADER_FULL
terça, 21 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Ex-marido mata mulher a facada em assentamento de Iguatemi

1 Jul 2010 - 13h10Por Mídia Max

Rosimar Francisca Borges Martins, 33 anos, foi morta por volta das 13h, na porta da cozinha de sua residência, atingida por um golpe de faca no tórax, que teria sido desferido por seu ex-marido Catalino Ortiz Martins de 35 anos. O assassinato aconteceu em um sitio do assentamento Tragro localizado na cidade de Iguatemi.

Segundo relato de testemunhas, Catalino chegou na casa da vitima de moto, onde com apenas um golpe matou a ex-mulher. Em seguida jogou a faca próxima a porteira do sitio e fugiu. A policia Militar foi acionada e chegou a perseguir Catalino, que abandonou a moto, e dispistou a polícia ao entrar em um matagal.

A moto de placa HSQ 4002, de Iguatemi (MS), foi apreendida e encaminhada para a delegacia de policia local. O filho do casal disse que seus pais haviam se separado há oito meses, e que sempre seu pai fazia ameaças de morte contra a família por telefone.

No ultimo dia 24, Catalino, pegou o filho de 5 anos e a esposa Rosimar,colocou em sua moto e disse que iria matá-los e jogá-los no rio Iguatemi. Durante trajeto, o filho menor caiu da moto e teve ferimentos no olho direito.

Até o momento os policiais ainda não localizaram o autor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões