Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 9 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Eurico Miranda condenado a 18 meses de prisão

15 Jul 2004 - 07h39
O presidente do Vasco da Gama, Eurico Miranda, foi condenado, nesta quarta-feira, a um ano e meio de prisão por se negar a entregar documentos do clube a uma comissão do Congresso que há quatro anos investigou atos de corrupção no futebol brasileiro.

A sentença foi ditada pela juíza Valéria Caldi Magalhães, mas por se tratar de uma decisão em primeira instância poderá ser apelada por Eurico Miranda, que é suspeito de ter construído uma fortuna com negócios de legalidade duvidosa feitos através do clube.

Miranda, que na época da investigação tinha imunidade parlamentar por sua condição de deputado federal, não deu a menor importância à decisão da juíza.

"Não fui informado oficialmente e, claro, vou apelar dessa sentença", declarou Eurico Miranda em Porto Alegre, onde se encontrava em uma visita de negócios.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

SOS SAUDE
Em 24 horas, nove pessoas morrem em casa pela covid-19 sem atendimento médico
BORA PRA BONITO - MS???
Bonito (MS) irá operar com tarifa de baixa temporada até 18 de dezembro e descontos de até 60%
BONITO - MS - REABERTURA COM SEGURANÇA
Hotel Águas de Bonito te espera com toda segurança e responsabilidade, bora pra Bonito (MS)?
SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica