Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 14 de junho de 2021
Busca
Brasil

Estudo prevê que 2010 pode ser o ano mais quente da história

12 Dez 2009 - 07h51Por G1
O ano de 2010 pode ser o mais quente desde que começaram os registros das temperaturas, em 1850, segundo previsões apresentadas pelo centro de estudos britânico sobre o clima Met Office durante a reunião das Nações Unidas sobre o clima, em Copenhague.

Os cientistas afirmam que a temperatura média recorde vai depender da influência do El Niño (fenômeno em que há o aquecimento das águas do Oceano Pacífico) nos próximos meses e será um combinação do fenômeno com o aquecimento global.

Até o momento, o ano mais quente de todos foi o de 1998, com uma média de 14,52ºC - devido, segundo os cientistas do Met Office, à combinação de uma das mais fortes ocorrências do El Niño já registradas com o aquecimento da Terra.

Mesmo assim, caso o aquecimento das águas do Pacífico - previsto para ter intensidade moderada - seja mais prolongado, passando de março, o recorde deve ser batido, disse a diretora do Centro para Mudança Climática do Met Office, Vicky Pope.

Aumento- A temperatura média prevista para 2010 é de 14,58ºC, ou seja, quase 0,6ºC acima da média combinada dos anos de 1961 a 1990, que foi de 14ºC.

Vicky Pope afirmou que as únicas chances de 2010 não bater o recorde de calor é se o El Niño acabar rapidamente no início do ano ou se houver uma grande erupção vulcânica.

Nas previsões do Met Office, cerca de metade dos anos entre 2010 e 2019 serão mais quentes do que o ano mais quente já observado.

A Met Office faz parte do Centro Hadley de Pesquisas, do governo britânico, e presta consultoria sobre o clima aos líderes do país.

Margem de erro- Os dados do Met Office, que é a agência nacional de meteorologia da Grã-Bretanha, são usados pelo Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas (IPCC) das Nações Unidas, órgão que realiza o acompanhamento das mudanças do clima.

As previsões do Met Office entre 2000 e 2009 tiveram uma margem de erro de 0,06ºC. Na quarta-feira (9), o Met Office anunciou que os níveis de gases que provocam o efeito estufa precisam começar a cair em 2020 para evitar consequências potencialmente desastrosas.

Naquela pesquisa, os cientistas afirmavam que o aumento de temperatura da Terra se limite a 2ºC, a meta recomendada pelo Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas (IPCC) em seu relatório de 2007 e adotada pelos países do G8 em sua cúpula de julho, as emissões precisam atingir um pico dentro de dez anos.

A partir daí, elas teriam que cair cerca de 5% anualmente. Mesmo assim, a probabilidade de o aumento de temperatura ficar abaixo de 2ºC é de apenas 50%, de acordo com o Met Office.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta