Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 24 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Estudiosos defendem o fim da reprovação no Ensino Fundamental

15 Jun 2010 - 10h00Por Portal da Educação

Especialistas acreditam que a política de progressão continuada para os três primeiros anos do Ensino Fundamental não será bem-sucedida em âmbito nacional se não for seguida de políticas de apoio. Se aprovada, as crianças de todo o Brasil só poderiam ser reprovadas ao concluírem a 3ª série.

Essa é a proposta das novas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental. A expectativa é que as mudanças devem ser votadas em julho pelo Conselho Nacional de Educação.

A repetência nessa fase escolar pode ter custo alto para a autoestima do aluno, concorda a coordenadora do programa Ler e Escrever, da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. “Diversos estudos mostraram que a repetência é um dos principais motivos para a desistência
escolar”, diz ela.

“É necessário que as políticas de progressão continuada venham acompanhadas de políticas de apoio aos Estados, pois há realidades diferentes e necessidades específicas em cada Estado” complementa a educadora Emileide da Costa, tutora do Portal Educação.

Para o professor da Universidade Federal de Minas Gerais e membro do Conselho Consultivo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) Francisco Soares, a escola era para poucos, a reprovação era uma arma para fazer a seleção e exclusão de alunos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos