Menu
SADER_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Estudantes são vítimas de assalto na madrugada

2 Dez 2004 - 07h37
 

As estudantes Lucília Aparecida Gonçalves Modesto, residente em Paranavaí e Cristiane Rios Dauzacker, residente no Jardim Paulista em Dourados, ambas com 24 anos, foram vítimas de assalto e ameaça de morte na madrugada de hoje quando deixavam uma lanchonete na área central da cidade, em direção ao bairro onde residem.

Elas ocupavam um Pálio placas CQV 7688, de Cascavel/PR quando foram abordadas, na entrada do Residencial Portal de Dourados, por três homens armados que estavam em um Corsa. Lucília e Cristiane foram levadas para uma mata na BR 463, rodovia que liga Dourados a Ponta Porã, onde foram amarradas. Os assaltantes descuidaram e deixaram o celular em poder de Cristiane, que conseguiu se libertar e acionar a Polícia Militar.

Por volta das três e meia da manhã, a PM e a PRF abordaram o Pálio roubado nas imediações do posto Capey, da BR 463, conduzido por Paulo Rodrigues, 28 anos, que trabalha como peão de boiadeiro em Rio Brilhante. Os outros dois assaltantes fugiram. Paulo está sendo indiciado em flagrante neste momento na delegacia de Ponta Porã.

 

 

 

 

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho