Menu
SADER_FULL
sexta, 30 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Estudante de 10 anos é esmagada por metrô no Piauí

19 Mar 2007 - 17h20
Ao retornar da casa de uma amiga após fazer um trabalho escolar, a garota Gessiane de Oliveira, 10 anos, morreu, no início da tarde desta segunda-feira, quando tentava atravessar o trilho do metrô, no bairro Ilhotas, na zona sul de Teresina (PI), próximo à ponte Wall Ferraz. Testemunhas informaram que a menina caminhava distraída, carregando um trabalho estudantil, e não percebeu a aproximação do metrô. Ela foi atropelada e teve o corpo arrastado por mais de 50 metros.

"Foi uma cena degradante", afirmou o motorista Raimundo Marcelino da Silva, que presenciou o acidente que ocorreu por volta das 13h30. "Não houve tempo de avisar, o trem bateu uma vez e saiu arrastando o corpo por uns 50 metros", disse o motorista que estava atravessando a ponte.

Após o acidente, o local ficou lotado de curiosos e familiares inconformados com a morte da garota. Os policiais da Delegacia de Homicídios e do Corpo de Bombeiros estavam no local para ajudar na retirada do corpo que se encontrada totalmente dilacerado próximo aos trilhos.

Segundo policiais, o impacto foi tão forte que o corpo da menina foi dividido ao meio. No chão, ficaram espalhados pedaços de crânio, braços e pernas. A equipe do Instituto de Medicina Legal (IML) de Teresina resgatou o corpo e, após, percorreu os 50 metros da linha do trem, recolhendo pedaços de massa encefálica.

Gessiane morava na vila ferroviária, próxima ao trilho do metrô, e estudava a 3ª série do ensino fundamental no Colégio Simões Filho, bairro Cristo Rei.

O profissional liberal Wellington de Araújo de Oliveira, tio da garota, estava no local bastante abalado e quase não conseguia falar. Ele disse que a família foi informada por meio de vizinhos que presenciaram o acidente. "A mãe dela passou mal, desmaiou e foi levada para o hospital", informou o tio da garota.

A Delegacia de Homicídios, bairro Morada Nova, abriu inquérito para apurar as razões da morte da menina. O diretor da Companhia Metropolitana de Transporte Público (CMTP), Antônio Sobral, disse que o acidente será investigado. "Vamos analisar tudo que aconteceu e oferecer uma maior sinalização no local", afirmou.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

TENTATIVA DE ESTUPRO
Vídeo mostra empresário assediando jovem na entrevista de emprego
PANE EM AVIÃO
'Sobrevivemos só com a água chuva', diz cantor de MT que ficou 24 dias na mata
PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU
Pandemia avança e MS registra 555 novos casos de Coronavírus em apenas 24h
INCÓGNITA
Governo ainda não definiu como será o 13º de quem teve corte salarial
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
Vítima contou violência sexual para a tia ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso é denunciado por estuprar filha de amigos e a enteada
FENÔMENO DA NATUREZA
Evento raro: Lua Azul poderá ser vista no Dia das Bruxas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia