Menu
SADER_FULL
domingo, 25 de julho de 2021
Busca
Brasil

Estatística mostra que a dengue matou 46 pessoas em todo MS

21 Out 2010 - 14h58Por Mídia Max

Em todo o Mato Grosso do Sul, a dengue matou 46 pessoas, destas 22 só em Campo Grande, é o que mostra o Boletim Epidemiológico, publicado ontem (20), pela Secretária de Estado de Saúde, com notificações entre os dias 3 de janeiro e 16 de outubro.

Em Jardim foram confirmadas sete mortes, com este mesmo número aparece Dourados. Em Ponta Porã foram dois óbitos e um em Água Clara, Angélica, Mundo Novo, Paranaíba, Rio Brilhante, Rio Verde, Três Lagoas e Corumbá. Em investigação estão cinco casos: dois em Dourados; um em Campo Grande e um em Juti e em Paranaíba. Foram descartados 17, destes 10 em Campo Grande, seis em Dourados e um em Corumbá.

A estatística mostra que até o dia 16 de outubro os casos somam 79.461. Este número revela um amento de 607 notificações em relação ao boletim anterior analisado até o dia 2 de outubro que aponta 78.854 casos.

Dezesseis municípios não informaram os casos suspeitos da doença. O boletim pode ser acessado pelo site www.saude.ms.gov.br.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica
TRAGÉDIA NO RIO
Barco vira com nove pessoas matando 3 crianças e 3 adultos
REVOLTA
Mulher tem parte do rosto destruído por ataque de pitbull sem coleira; assista
FLAGRA
Vigilante descobre traição e mata amante da esposa com 3 tiros
SOB INVESTIGAÇÃO
"Te achei!", gritou suspeito antes de matar jovem de 16 anos com 10 tiros