Menu
SADER_FULL
quarta, 16 de junho de 2021
Busca
Brasil

Estado homologa HE de Dourados para procedimentos cardíacos

23 Fev 2010 - 08h38Por ASSECOM

A Prefeitura de Dourados já começou a resolver o problema da falta de credenciamento de um hospital para atender os procedimentos de alta complexidade em cardiologia. O secretário municipal de Saúde, Mário Eduardo Rocha Silva, anunciou ontem que o Hospital Evangélico foi homologado em reunião do colegiado da saúde estadual na semana passada para assumir esses procedimentos.

Conforme Mário Eduardo, após o pedido de descredenciamento feito pelo Hospital do Coração, que realizava os serviços de procedimentos cirúrgicos em cardiologia para os pacientes do SUS, o prefeito Ari Artuzi (PDT) determinou que uma solução para o problema o mais breve possível, sem prejudicar o atendimento à população nessa especialidade.

Na primeira reunião, no início do mês, o secretário esteve com o diretor geral de Atenção à Saúde do Estado, Antonio Lastoria, quando tratou do assunto e solicitou parceria com o governo estadual para atender os pacientes em alta complexidade cardíaca.

Na reunião seguinte, com o colegiado, foi aprovado o credenciamento do Hospital Evangélico para esses serviços e, agora, falta apenas a homologação pelo Ministério da Saúde para serviços de alta complexidade, como cirurgia cardíaca, cardiologia intervencionista, cirurgia vascular (ponte de safena, mamária, marca passo, válvulas, cateterismo e angiografia).

Para isso, Mário Eduardo já agendou, para os primeiros dias de março, uma reunião com o ministro José Gomes Temporão, quando vai apresentar o projeto. Na reunião, o secretário também vai apresentar outros projetos na área de saúde para o município, elaborados durante sua gestão à frente da pasta. Ele também manterá audiência com ministra-chefe da Casa Civil Dilma Rousseff, da qual vai solicitar a realização de projetos do PAC 2 da Saúde para Dourados.

Segundo o secretário, desde que o Hospital do Coração se desligou do SUS, no fim do mês passado, nenhum paciente que precisou de procedimentos em caráter de emergência ou urgência deixou de ser atendido.

“Casos de infarto que chegaram ao Hospital da Vida foram atendidos normalmente, mesmo com a mudança radical proporcionada pelo desligamento do HC e vai continuar assim até a homologação ministerial”, garantiu Mário Eduardo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado
ANTECIPAÇÃO
Governo antecipa pagamento de parcelas do auxílio emergencial
918d8b7fa56ee0a828ae4ad908fedeb3 ATENTADO AO PUDOR
Casal é flagrado fazendo sexo em plena praça pública no dia dos Namorados
TRAGEDIA NA RODOVIA
Jovem morre após desviar de buraco e cair com carro em córrego