Menu
SADER_FULL
segunda, 10 de maio de 2021
Busca
Brasil

Estado ganha laboratório de análise de combustíveis

3 Ago 2004 - 14h45
Mato Grosso do Sul ganhou um laboratório para análise da qualidade de combustíveis comercializados na Capital e interior. Implantado pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS, o complexo, instalado numa área de 270 metros quadrados no campus universitário, foi inaugurado hoje pela manhã com a presença de diversas autoridades, entre elas, o vice-governador Egon Krakhecke e o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Automotivos, Lubrificantes e Lojas de Conveniências do Estado (Sinpetro/MS), Carlos Tranqüilo Bonatto.

Para começar a operar, o laboratório precisa, primeiramente, firmar convênio com a Agência Nacional de Petróleo- ANP. Para isso, além da UFMS, o Sinpetro, que também integra o projeto de execução do laboratório que conta também com a parceria do Ministério da Ciência e Tecnologia, Governo do Estado e Taurus Distribuidora, está articulando junto à sua Federação (Fecombustíveis) para que interceda junto à Agência, para firmar logo esse convênio.

O presidente do sindicato, empresário Carlos Bonatto segue amanhã para um encontro da Fecombustíveis em São Luiz, Maranhão, para tratar de alguns assuntos. Entre eles está esse assunto junto à ANP. “É preciso que o laboratório entre logo em operação, pois todos nós ganharemos muito com esse serviço”, comentou o empresário.

O coordenador do projeto, professor Luiz Viana disse que a UFMS também está articulando junto à ANP em Brasília para conseguir fechar logo esse contrato de prestação de serviço. Segundo ele, foram investidos na instalação do laboratório, recursos da ordem de R$ 3,5 milhões, sendo R$ 1,5 milhão do Ministério de Ciência e Tecnologia.

No local deverão trabalhar prelo menos 10 pessoas entre químicos (2), analistas (4) e pessoal administrativo. No local existem dois laboratórios de pesquisa e um laboratório de monitoramento.

Análise em 24 hs

Luiz Viana informou também que o laboratório está apto hoje para desenvolver pesquisa de combustíveis apresentando resultado em menos de 24 horas. Vale lembrar que esse serviço, de análise de amostras coletadas em Mato Grosso do Sul demoram mais de semana para serem analisados em outros Estados.

O laboratório foi equipado com aparelhos de última geração. Foram quatro anos, segundo Viana, todo o processo de construção da sede, aquisição dos equipamentos, até, finalmente a inauguração. “É um sonho de muitas pessoas que se realiza neste momento em nosso Estado”, comentou.
 
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'