Menu
SADER_FULL
domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Estado efetiva novo estágio da pecuária leiteira em MS

6 Nov 2009 - 09h44Por Notícias.MS

Ao estabelecer o entendimento entre indústria e produtores para a criação do Conselho Paritário entre Produtores e Indústrias de Leite (Conseleite/MS), o governo do Estado efetiva o novo estágio da pecuária leiteira sul-mato-grossense. Visando este objetivo, o executivo estadual, por meio da Secretária do Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, pactuou nesta quinta-feira (5), ações efetivas para a implantação do projeto.

 

 

 

Dentre as meditas celebradas, estão o termo de cooperação técnica para a implantação, desenvolvimento e a operacionalização do Sistema Conseleite/MS. O documento foi assinado pelo Estado, Federação de Agricultura e Pecuária do Estado (Famasul), Sindicato das Indústrias de Laticínios do Estado (Silems), Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), a Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura do Estado (Fapems), a Fundação da Universidade Federal do Paraná para o Desenvolvimento da Ciência, da Tecnologia e da Cultura (Funpar) e Universidade Federal do Paraná (Ufpr).

 

 

 

Para a implantação, operacionalização e transferência metodológica do Conseleite/MS – em seus doze primeiros meses - foi celebrado um convênio entre o governo do Estado, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Departamento de Economia Rural e Extensão da Universidade Federal do Paraná (DRE/UFPR). Durante a solenidade, a secretária Tereza Cristina enfatizou o empenho pessoal do Secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Mapa, Marcio Portocarrero, na liberação dos recursos da ordem de R$ 180 mil, que serão destinados ao processo.

 

 

 

"A pecuária Leiteira é um setor que irriga diretamente a economia regional, abrangendo o pequeno produtor – assentado ou da agricultura familiar tradicional – portanto, é uma política governamental muito importante para Mato Grosso do Sul”, declarou Tereza, reconhecendo a importância desta ferramenta para a estruturação do setor.  

 

 

 

O diretor-presidente da Agência Estadual de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), José Antônio Roldão, concordou com a secretária. Ele também acredita que o Conseleite ampliará a produção e a qualidade do leite produzido na agricultura familiar estadual. “Quando se articula esta cadeia, os reflexos são altamente positivos”, e acrescenta, “O Conseleite é um instrumento que veio para organizar a cadeia e facilitar o trabalho da Agraer junto ao agricultor familiar”.

 

 

 

Lembrando do empenho do Governo Federal na implantação da Conseleite/MS, o Superintendente Federal de Agricultura no Estado (SFA/MS), Orlando Baez, revelou que o esforço agora, e fazer com que o leite brasileiro conquiste o mercado externo.

 

 

 

“Exportamos apenas para a Venezuela. Contudo, o Governo Federal acredita no potencial de Mato Grosso do Sul, tanto é que vamos viabilizar a implantação de um laboratório e toda a estrutura necessária para o funcionamento, além estabelecer novos convênios para capacitação e defesa sanitária”, adiantou.

 

 

 

O reitor da Uems, Gilberto José de Arruda, lembrou da importante responsabilidade que caberá a Universidade Estadual no Conseleite/MS, que irá dar continuidade ao projeto após a conclusão dos estudos da UFPR. Ele acredita que esta missão permitirá à instituição avançar em diversas pesquisas voltadas ao setor pecuário, além de cumprir seu papel social perante a sociedade.

 

“Vamos integrar ao Conseleite/MS aos programas de mestrados da instituição, agregando valor aos produtos e ações que trazem melhoria na qualidade de vida de nossa sociedade”, salientou.

 

 

 

E quanto aos resultados efetivos da ferramenta para a sociedade, o presidente do Conseleite/PR, Ronei Volpi, aponta a melhoria efetiva na qualidade do leite, uma das diretrizes de remuneração do produto. “O preço do produto estabelece um padrão, onde o preço pode oscilar em até 25%, premiando a qualidade”, salientou.

 

 

 

E ainda neste aspecto, o representante da UFPR, José Roberto Canziani, aponta na organização da cadeia, outro importante reflexo. Ele lembra que no Paraná, indústria láctea e produtores, apresentam melhor organização quando comparados a outros setores produtivos. “A participação é efetiva, o Conseleite estimula a discussão e fomenta a organização da cadeia como um todo”, revela.

 

 

 

Consensual - Representando a Famasul, o vice-presidente Eduardo Riedel, elogiou a construção consensual do Conseleite/MS, lembrando que esta ação representa uma mudança de foco, dando novas perspectivas ao setor. Ele também declarou que o trabalho da secretária Tereza Cristina, ao integrar a cadeia e buscar recursos junto à esfera federal e parceiros em outros estados, foi fundamental para viabilizar um projeto sonhado há mais de oito anos.

 

 

 

“A participação da pesquisa será fundamental. Esta iniciativa não seria possível sem a ajuda da secretária Tereza, catalisadora deste processo”, pontuou.

 

 

 

O produtor Armando Pereira da Silva, ligado Grupo de Produtores de Leite de Mato Grosso do Sul (GPL), salientou que o evento representa um grande marco para o setor. Para ele, embora entre toda a cadeia estivesse consciente da necessidade da ferramenta, o mais difícil,

Deixe seu Comentário

Leia Também

TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado