Menu
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
terça, 13 de abril de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Escritores de MS podem ser prestigiados através de projeto

24 Set 2004 - 17h14

Os escritores de Mato Grosso do Sul podem ter suas obras incluídas obrigatoriamente na disciplina de Literatura através de sugestão dos professores que lecionam nas escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino), conforme projeto de lei de autoria da vereadora Magali Picarelli, líder do PTB na Câmara da Capital. Caberá à Semed (Secretaria Municipal de Educação) definir o conteúdo, programa, obras e autores a serem indicados ao público infantil, de acordo com texto da matéria.

 Magali comenta que a inclusão de livros de escritores regionais, como prioridade na disciplina de Literatura, visa estimular os alunos das escolas municipais de Campo Grande a conhecer a história sul-mato-grossense. “Desta forma a cultura regional vai estar sendo amplamente valorizada”.

Para Edineide Dias, professora de canto do curso de Música da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e autora do livro ‘Registro de Lendas e Estórias Terena’, a proposta é interessante, afinal, tende a mostrar também um pouco da realidade do Estado. “É muito legal os alunos poderem conhecer um pouco dos escritores de Mato Grosso do Sul. Isso faz com que nosso trabalho seja valorizado, além de fazer com que os estudantes estejam cientes dos excelentes escritores e poetas que existem aqui”.

Na opinião de Otávio Augusto Lacerda, autor do livro ‘Entendendo o Pantanal’, o projeto de lei é “espetacular, já que, contribui sobremaneira no sentido enriquecer a cultura do nosso Estado. No caso desta obra, ainda mais, afinal, ela trata do dialeto pantaneiro e é importante as crianças saberem um pouco disso”.

Autora da coletânea infanto-juvenil ‘Tuiuiú – Para Sonhar e Pensar o Pantanal Sul-Mato-Grossense’, patrocinada pelo FIC (Fundo de Investimentos Culturais), Sandra Andrade acredita que “o projeto é importante para o município e mais ainda para nós escritores. O aluno precisa ter acesso à cultura regional”.

“Nosso Estado é rico em literatura e conta com ótimos escritores. Acredito que os professores devem estimular esses escritores ao pedir para que seus alunos leiam estas obras. Dessa forma estarão propiciando uma boa apreciação da literatura regional de Mato Grosso do Sul”, concretiza a petebista.

O projeto de lei é o 5.496/03.

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo