Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 12 de abril de 2021
Busca
Brasil

"Escolha o Melhor Para Si e Viva Melhor" de Antonio Neres

23 Set 2004 - 10h11

ESCOLHA O MELHOR PARA SI E VIVA MELHOR

 

 

*Antonio Néres

 

Joc Falkson escreveu esta obra prima: “Aos 20 anos, preocupamo-nos com o que os outros pensam de nós; aos 40 anos, não ligamos para o que os outros pensam de nós; aos 60, descobrimos que eles nunca pensaram em nós”.

 

Agora considere as noites de sono perdidas por causa de críticas maldosas, as mágoas que você carrega contras seus analistas negativos, as amizades que perdeu por dar ao que supôs que falaram de você.

  Não é preciso chegar aos 60 anos para descobrir que não falaram mal de você. Entendeu? Se não entendeu melhor.

 

Já que não lhe foi dado domínio sobre a boca de ninguém, nada melhor do que pensar que ninguém joga pedra em árvore seca ou que ninguém chuta cachorro morto. Não adianta sequer emitir julgamento sobre quem o criticou. Em primeiro lugar porque você não sabe se é verdade que foi criticado; segundo, não sabe se ele disse exatamente o que você pensa que ele disse; terceiro você não tem a menor idéia da intenção de quem falou; quarto no contexto, qualquer frase desabonadora pode ser, na verdade, elogio; em quinto lugar, pode até ser que a intenção de quem lhe contou seja gerar inimizades. Por tudo isso, não vale a pena esquentar a cabeça.

 

Com o passar do tempo, chegará um período em que você vai adquirir com a maturidade do tempo vivido, que quase todas as inimizades foram por causa de coisas absolutamente inócuas. Na pior das hipóteses, faça como aquele famoso político que sempre disse: “Fale mal, mas falem de mim”.A melhor coisa que você pode fazer é levar tudo na base do bom humor: não correrá risco de revidar ofensa que não houve; não agredirá sua saúde; não criará abismo entre você e quem quer que seja.

 

A vida ensina que as pedras rolam e voltam a encontrar-se. Esteja preparado para que o encontro seja agradável e positivo. Muitos não sabem que, para fazer brilhar a estrela deles, não é necessário apagar a dos outros.

 

Outro detalhe: se alguém falou mal de você, o problema é dele, não seu. Sorria complacente, até porque é muito provável que, a esta altura, o outro já esteja arrependido. Sempre é bom recordar que você é o que pensa que é e não o que os outros dizem. Nade a favor da correnteza, fazendo amizades, aproveitando o lado bom das críticas, desligando-se das ofensas e tolerando os críticos – e você será sempre uma pessoa saudável e benquista.

 

Você não tem domínio sobre os outros, mas tem domínio total e absoluto sobre si mesmo. Escolha sempre o melhor para si e com certeza você será muito feliz.

 

 

O autor é radialista e jornalista

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo
CRISE NA PANDEMIA
Número de brasileiros que vivem na pobreza quase triplicou em seis meses, diz FGV