Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 15 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Brasil

Escolas de MS vão receber kits do Educomrádio em 45 dias

25 Ago 2004 - 17h59
As 20 escolas de Mato Grosso do Sul selecionadas para participar do projeto Educomrádio vão receber os equipamentos e acessórios, que compõem uma estação de rádio, dentro de 45 dias. A informação é do coordenador do projeto pela Secretaria Nacional de Educação a Distância do Ministério da Educação (MEC), Mathias Gonzalez, que está em Campo Grande desde segunda-feira acompanhando a última capacitação de professores do Educonrádio, que acontece no hotel Advance.

O Educomrádio é um projeto do Ministério da Educação (MEC) desenvolvido no estado em parceria entre a Universidade de São Paulo (USP) e a Secretaria de Estado de Educação (SED). Através dele, a rádio de alcance interno instalada nas escolas será utilizada como ferramenta de ensino e aprendizagem. O objetivo é desenvolver nos alunos uma visão crítica da mídia e ensiná-los a relacionar-se com ela.

As escolas públicas beneficiadas pelo projeto no estado vão receber os seguintes equipamentos: transmissor de rádio com capacidade para atingir apenas a área da escola, fonte; compressor limitador; antena, quatro caixas receptoras, dois microfones, três gravadores de mão, mesa de oito canais estéreo, cd player, tape deck, fone de ouvido, transformador, multímetro e cabos.

Segundo Mathias Gonzalez, houve alterações nos trâmites para compra dos equipamentos, que agora serão adquiridos com recursos da Unesco. “O processo de licitação já está em andamento e dentro de 45 dias estarão em Mato Grosso do Sul”, garantiu o coordenador.

Escolas beneficiadas

A escolha das escolas para o Educomrádio é baseada no maior número de alunos no ensino médio. As nove unidades escolares selecionadas em Campo Grande são: Antonio Delfino Pereira, Arlindo de Andrade Gomes, Dona Consuelo Müller, Hércules Maymone, Joaquim Murtinho, José Barbosa Rodrigues, Maria Constança de Barros Machado, Padre João Greiner e Waldemir Barros da Silva.

No interior, serão beneficiadas unidades em Nova Andradina, Chapadão do Sul, Dourados e Três Lagoas. Além delas as escolas estaduais Coronel José Alves Ribeiro, na Aldeia Bananal, em Aquidauana; Coroa Sagrada, na reserva indígena de Amambaí; Sidrônio Antunes, na Aldeia Córrego do Meio, em Sidrolândia; José Edson Domingos dos Santos, no assentamento Itamarati, em Ponta Porã e na comunidade negra Zumbi dos Palmares, em Jaraguari. Em Corumbá, funcionará na extensão da escola estadual Maria Helena Albaneze, no distrito de Albuquerque.


A forma de utilização da rádio será feita em cursos de extensão universitária. Serão capacitados diretamente 140 professores, dois por escola (professor ou coordenador). Indiretamente, 2,8 mil estudantes e 420 membros das comunidades escolares serão beneficiados, em um total de 3.360 pessoas dos estados de Mato Grosso do Sul (MS), Goiás (GO) e Mato Grosso (MT).
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore