Menu
SADER_FULL
sábado, 8 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
Brasil

Erva-mate, pode virar o novo filão econômico

7 Mai 2007 - 10h32
O consumo do Chá Mate Leão líquido está crescendo em todo o Brasil. Atenta à esta realidade, a The Coca-Cola Company teria acabado de adquirir mais esta famosa marca, conforme informações levantadas pelo jornal Diário MS junto a um funcionário do alto escalão da Coca-Cola, no Brasil. Segundo ele a informação é “confidencial”, mas é uma realidade.

O investimento para a compra da marca Chá Mate Leão não foi divulgado, mas também foi justificado diante do crescimento do consumo de novas bebidas, sucos e refrescantes, e dos altos investimentos feitos pelas empresas que atuam no setor de bebidas refrescantes.

A Coca está presente em mais de 200 países, e atualmente responde por mais de 400 marcas de bebidas não-alcoólicas. Porém, a Coca-Cola “acordou” para o fato de que, milhares de pessoas do Brasil e exterior, que antes consumiam exclusivamente os produtos Coca-Cola, agora estão ingerindo o Chá Mate Leão líquido, já prontos, principalmente com os novos sabores de limão, maçã, entre outros.
Noutro levantamento feito pela reportagem do jornal foi constatado também que o Grupo Femsa, através da Femsa Cervejaria, dono das marcas Sol e Tecate detém 40% do mercado mexicano e com grande presença no mercado norte-americano, desembolsou US$ 68 milhões na compra de 68% da Kaiser, sendo também dona de várias indústrias fabricantes da Coca-Cola no Brasil, recentemente, comprou a Panamco Spal, e assumiu a distribuição dos refrigerantes Coca-Cola em São Paulo.

No geral, a Femsa, de acordo com levantamentos até o final do ano passado, teve faturamento de US$ 8 bilhões, possuindo 30 engarrafadoras, 235 centros de distribuição, 64 marcas de refrigerantes, 15 marcas de cerveja, 56 mil funcionários e presença em 9 países. No total são 97.770 colaboradores e 2 milhões de pontos de vendas na América Latina.

Na disputa pelos negócios da Coca-Cola Company e do Grupo Femsa constam a compra também da Suco Mais e Suco Del Valle. Contudo, é o consumo de chá mate líquido que tem chamado a atenção, inclusive de industriais e investidores de outros setores, tendo em vista que a Coca-Cola e os sucos em questão têm custo alto para os consumidores, levando a maioria a preferir o consumo do chá mate. Aliás, a bebida está se tornando a preferida, primeiro pelo menor custo e depois pelo gosto saudável e novos sabores.

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE NO MS
JBS oferece 600 vagas de emprego em 6 cidades de MS
VACINA COVID 19
Bolsonaro diz que vacina contra covid deverá estar disponível em dezembro
FALSIFICAÇÃO
Nota falsa de R$ 200 começa a circular
REABERTURA DO COMÉRCIO
Brasil e Paraguai podem reabrir comércio na fronteira em 10 dias, diz ministro
REINFECÇÃO EM ALERTA
Novo coronavírus tem segundas novas ondas de reinfecção e acendem sinal de alerta
FÁTIMA DO SUL - DICA CIA DO BICHO
Saiba o que são rações terapêuticas, Cia do Bicho destaca vários tipos, confira
BRASIL - 96.326 MORTES
Brasil tem 2.817.473 casos de Covid-19, indica consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo
BORA PRA BONITO - MS
Crie laços com a natureza em Bonito, MS!
LUTO NO CIRCO
Palhaço mais velho do Brasil morre aos 77 anos vítima de coronavírus