Menu
SADER_FULL
quinta, 29 de julho de 2021
Busca
Brasil

Envolvidos em escândalo, astros da seleção mexicana negam convocação

28 Set 2010 - 16h16Por Globo Esporte

O zagueiro Rafael Márquez, do New York RB, lidera um movimento de 13 jogadores da seleção mexicana que exigiram em carta não ser convocados até que haja mudanças na conduta de seus diretores.

Na carta, divulgada nesta terça-feira pela imprensa mexicana, os jogadores asseguram que passaram a receber tratamento grosseiro desde a chegada de Nestor de la Torre ao cargo de diretor das seleções nacionais e se manifestam contra o dirigente.

Assinam a carta, que lamenta o tratamento dispensado à seleção por participar de uma festa em 8 de setembro passado, o goleiro Ochoa, os defensores Rafael Márquez, Rodríguez, Salcido, Moreno e Juárez, os meias Guardado, Torrado e Barreira e os atacantes Vela, Hernández, Esqueda e Giovanni Dos Santos.

No dia citado, integrantes da equipe organizaram uma festa após a vitória do México no amistoso contra a Colômbia, supostamente com a presença de prostitutas e um travesti. Como punição, 11 jogadores foram multados e Vela e Juárez acabaram suspensos da seleção por seis meses.

"É impossível que de la Torre não se desse conta do evento, que cabe fazer menção e ressaltar, realizamos depois de terminada a concentração", diz o documento, que pergunta onde estava o chefe das seleções nacionais nessa noite.

Os atletas lamentaram que a imprensa esteja tão inteirada das particularidades da seleção, aproveitando para criticar a indefinição quanto ao novo treinador e a longa concentração a que os jogadores foram submetidos antes da Copa do Mundo da África do Sul.

A carta foi escrita em 22 de setembro, horas depois da divulgação das sanções, mas os autores do documento não o assinaram porque, segundo explicaram, estão baseados em diferentes partes do mundo e não queriam que o mesmo chegasse à imprensa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Em dia de aumento de casos Brasil tem 1.333 óbitos por Covid - 19 nas últimas 24 horas
CONCURSO PÚBLICO
Caixa Econômica convocará 9 mil de concursos e abre mais mil vagas
BRASIL - 550.502 MORTES
Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos
COVID 19 NO BRASIL
Brasil registra 19,68 milhões de casos de covid-19 e 549,92 mil mortes
Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica