Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 15 de agosto de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
Brasil

Energia ficará mais cara para 4,5 milhões de consumidores

20 Ago 2010 - 07h38Por Agência Brasil

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (19), em reunião extraordinária, reajuste médio de 8,91% para os consumidores atendidos pela distribuidora Elektro. As novas tarifas entrarão em vigor no dia 27. Para os consumidores residenciais, o reajuste será de 8,48%. Para as indústrias, a energia vai ficar entre 5,64% e 11,78% mais cara. A Elektro atende 1,95 milhão de unidades consumidoras em 223 municípios de São Paulo e cinco de Mato Grosso do Sul.

A Aneel também aprovou reajuste médio de 0,08% para os clientes da Companhia Energética do Maranhão (Cemar). Para os consumidores residenciais, o aumento será de 0,68%. Mas quem estiver enquadrado na categoria de baixa renda vai pagar menos pela energia elétrica: - 3,73%. Para as indústrias, o reajuste médio será de 3,33%. A Cemar atende cerca de 1,7 milhão de unidades consumidoras em 217 municípios do Maranhão. As novas tarifas da distribuidora entrarão em vigência no dia 28 de agosto.

Outro reajuste aprovado pela diretoria da agência foi para a Companhia Energética de Alagoas (Ceal). As 852,4 mil unidades consumidoras de 102 municípios alagoanos atendidas pela distribuidora terão um reajuste médio de 6,56%. Para as residências, o aumento será de 6,29%. Já as tarifas para o consumidor de baixa renda serão reduzidas em -0,25%. O consumidor industrial terá aumento de 10,78%. As novas tarifas da Ceal passam a valer no dia 24 de agosto.

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas