Menu
SADER_FULL
terça, 21 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Empresas aceita parcelar em 2 vezes reajuste da telefonia

13 Jul 2004 - 15h25
As empresas de telefonia fixa aceitaram hoje a proposta do ministro das Comunicações, Eunício Oliveira, de parcelar em duas vezes o reajuste extra autorizado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) com base no Índice Geral de Preços -Disponibilidade Interna (IGP-DI), que não foi cobrado pelas empresas no ano passado. Esse diferencial, segundo o ministro, não poderá exceder a 8,7% e será aplicado em duas parcelas iguais de 4,35%, com vencimento em 1° de setembro e 1° de novembro.

Há duas semanas a Anatel autorizou o reajuste de 6,89% na cesta telefônica, já aplicado este mês. Com o reajuste máximo permitido, o consumidor pagará este ano um reajuste médio total de 16%. De acordo com o ministro Eunício Oliveira, as empresas alegam que perderam R$ 1 bilhão nos últimos 14 meses devido ao não reajuste pelo indexador fixado pelo STJ.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões