Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 26 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Empresário é acusado de forjar o próprio seqüestro

6 Dez 2006 - 15h05
Um empresário de 47 anos responderá por estelionato por ter forjado o próprio seqüestro em março deste ano em Brusque, município localizado a 80 quilômetros de Florianópolis.
O Ministério Público Federal de Itajaí ofereceu denúncia contra o empresário esta semana, após analisar os documentos e inquérito policial. Segundo o procurador da República Marcelo da Motta, os indícios reunidos no inquérito apontam para a suspeita de que o empresário teria amputado o próprio dedo na tentativa de obter o dinheiro de dois seguros: um privado e outro da Caixa Econômica Federal. No primeiro, ele teria direito a uma quantia de R$ 321 mil. Do segundo ele receberia o valor de R$ 9.678.

"No inquérito policial não foram apontadas provas que caracterizassem seqüestro", destaca. "Os indícios que apontam para a tentativa de recebimento dos seguros são fortes".

Como um dos seguros seria pago pela Caixa, o Ministério Público Estadual optou por enviar o caso para a Justiça Federal.

O crime ocorreu no dia 16 de março, por volta das 8h, quando ele chegava à sede de sua empresa e teria sido rendido por oito homens, em três carros. O empresário foi encontrado no final da tarde, acorrentando em um matagal e com o dedo mínimo da mão esquerda amputado.

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS