Menu
SADER_FULL
sexta, 17 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Emissoras poderão ficar obrigadas a divulgar campanhas de vacinação

24 Dez 2009 - 13h52Por Agência Câmara

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática aprovou na quarta-feira(16) o Projeto de Lei 7371/06, do Senado, que altera o Código Brasileiro de Telecomunicações (Lei 4117/62) para incluir entre as obrigações das emissoras de rádio e televisão a divulgação de campanhas nacionais de vacinação.

Da iniciativa do senador Juvêncio da Fonseca, o projeto prevê que, nos dez dias anteriores às campanhas de vacinação, as emissoras deverão reservar 5 minutos diários de sua programação para apoiá-las, sempre no horário entre 6 e 24 horas, sem ônus para o poder público.

Emenda
O relator, deputado Paulo Roberto Pereira (PTB-RS), incluiu no texto, por meio de emenda, a mesma obrigação em casos de epidemias.

O projeto estabelece que as emissoras que descumprirem a obrigação ficarão sujeitas a multa de R$ 1 mil a R$ 20 mil e podem, em caso extremo, ter a concessão suspensa.

Tramitação
Já aprovado pela comissão de Seguridade Social e Família, o projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado ainda pela comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Um missionário irado e inquieto