Menu
SADER_FULL
sábado, 19 de junho de 2021
Busca
Brasil

Emenda monitorada por Geraldo vai viabilizar cardiologia no HU

3 Fev 2010 - 15h36

Em reunião com direção do Hospital Universitário, deputado

 

assume compromisso de viabilizar aparelho de hemodinâmica

 

 

 

Parte da emenda de bancada da saúde, que ficou estipulada em R$ 29 milhões, no Orçamento Geral da União de 2010, deverá ser destinada à aquisição de equipamentos de hemodinâmica, que vão viabilizar implementar o serviço de cardiologia no Hospital Universitário (HU) de Dourados. O compromisso foi firmado essa semana, durante reunião do deputado federal Geraldo Resende (PMDB) com os diretores do HU, Wedson Desidério Fernandes, Dinaci Ranzi e Rosemal Hall.

 

 

No encontro, Geraldo Resende explicou que ficou responsável pelo monitoramento da emenda coletiva para a área de saúde e por isso pode assumir o compromisso em nome dos demais membros da bancada federal de Mato Grosso do Sul. “Vamos fazer todos os esforços para utilizar parte dessa emenda para ajudar o HU de Dourados”, explicou.

 

 

O diretor-geral do HU, Wedson Desidério Fernandes disse que a instituição irá fazer um levantamento de todos os equipamentos e elaborar os projetos que deverão ser apresentados ao governo do Estado, uma vez que a emenda foi apresentada na modalidade 40, ou seja, os recursos serão geridos pela administração estadual.

 

 

Instituto da Mulher

 

 

Outro assunto tratado na reunião foi o Instituto da Mulher e da Criança (IMC), cujos recursos estão sendo solicitados por Geraldo Resende no Ministério da Saúde. De acordo com o deputado, a liberação de R$ 13 milhões para a nova estrutura depende de uma portaria que deverá ser publicada em meados de março próximo.

 

 

Segundo o professor Wedson Desidério, enquanto os trâmites burocráticos estão sendo encaminhados pelo deputado Geraldo Resende em Brasília, o Hospital Universitário encomendou a elaboração do projeto arquitetônico e estrutural da futura instituição, que funcionará em anexo ao HU.

 

 

Para Geraldo Resende essa será mais uma conquista de valor inestimável para a saúde pública de toda a população da Grande Dourados. “Vamos ter um hospital que vai atender integralmente as mulheres e crianças em todas as suas especificidades, prestando serviços de qualidade e, além disso, propiciando oportunidade de estágio para os estudantes de Medicina da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)”, salientou.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado