Menu
SADER_FULL
terça, 14 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Embrapa divulga suas pesquisas nos EUA

20 Ago 2004 - 14h09

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) iniciou esta semana em Brasília, DF, uma série de seminários para divulgar as pesquisas conduzidas com o apoio do laboratório virtual da empresa nos Estados Unidos (Labex).

Segundo o Ministério da Agricultura, no primeiro seminário, o pesquisador Airdem Assis falou, por meio de videoconferência, sobre os estudos desenvolvidos na área animal, como o seqüenciamento do genoma bovino, que identificou genes associados à lactação; o modelo de produção de leite e carne em ambientes climáticos distintos; o manejo de dejetos animais e qualidade ambiental; a segurança dos alimentos; e a origem animal e sistemas de monitoramento.

Para Assis, o potencial de cooperação do Labex é excepcional, o que exige cada vez mais investimentos na interação com os grupos de pesquisa no Brasil. "Acompanhar os avanços técnico-científicos nem sempre é fácil. Os norte-americanos trabalham em alta escala. Além disso, nós, brasileiros, temos tido dificuldades de participar de eventos científicos", disse.

No Labex-EUA, em funcionamento desde meados de 1998, os pesquisadores brasileiros também desenvolveram pesquisas de combate às pragas que atacam a horticultura e o milho. Na Califórnia, por exemplo, a Embrapa seqüenciou o genoma da bactéria Xylella fastidiosa, a doença dos parreirais.

A Embrapa mantém ainda um Labex na França para acompanhar os últimos avanços tecnológicos voltados para a agricultura - conhecido como serviço de antenagem, com prioridade para as áreas de agricultura de precisão, biotecnologia, tecnologias agroalimentar e agroindustrial, propriedade intelectual, conservação e manejo sustentável dos recursos naturais.

A próxima videoconferência está marcada para 29 de setembro com o pesquisador Helvécio de Polli. A Embrapa deverá reunir até o fim do ano o conteúdo dos seminários sobre o Labex num documento que será distribuído a pesquisadores especializados em agropecuária no Brasil.
 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Instrutor de tiros morre após disparo acidental contra o próprio peito no dia do aniversário
TRUCULENCIA
'Achei que iria morrer sufocada como George Floyd', diz mulher negra que teve pescoço pisado por PM
AUXILIO EMERGENCIAL
Liberados saques e transferências para aprovados no 3º lote
VITIMA DA COVID 19
Cantor morre de covid-19 após sogro e sogra; esposa está em isolamento
CAOS NA SAUDE
MT está perdendo a guerra para o coronavírus; nós subestimamos a doença
TRAGEDIA NO CONDOMÍNIO
Adolescente que matou amiga treina tiro esportiva há 3 anos com o pai
VIOLENCIA DOMESTICA
Mulher tem rosto desfigurado após ser agredida e pisoteada pelo marido bêbado
CORONAVIRUS AVANÇA
Brasil tem 72.234 mortes por Covid-19, segundo consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
BONITO - DICAS AGÊNCIA
Como fazer Snorkel em Bonito MS, o que ver, o que fazer e o que não!
PANDEMIA CORONAVIRUS
Filho de ex-jogador famoso vende geleias e não vê o pai há nove anos