Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

Embaixada dos EUA confirma seqüestro no Iraque

16 Set 2004 - 13h36
A Embaixada dos Estados Unidos no Iraque confirmou, em um comunicado, o seqüestro de dois americanos e um britânico nesta quinta-feira em Bagdá (capital do Iraque), que já havia sido anunciado pelo Ministério iraquiano do Interior.

"Dois cidadãos americanos, Jack Hensley e Eugene Jack Armstrong, foram seqüestrados nesta manhã, ao lado de um britânico, em sua residência do bairro Mansur por alguns desconhecidos armados", afirma o texto.

"O governo americano está utilizando todos os recursos disponíveis para localizá-los. O governo iraquiano está prestando uma assistência total para conseguir isso", conclui o comunicado.

O texto não identifica o britânico raptado nem fornece alguma informação sobre suas atividades profissionais.

Homens armados

Homens armados seqüestraram dois norte-americanos e um britânico nesta quinta-feira em um subúrbio da capital iraquiana, Bagdá, local onde várias empresas estrangeiras estão concentradas. Também hoje, uma explosão na capital matou uma pessoa e deixou dez feridos.

Os três estrangeiros são funcionários de uma empresa de construção civil e foram seqüestrados em um sobrado onde viviam no Iraque.

Ao menos outros quatro estrangeiros --dois franceses e duas italianas--também foram pegos como reféns de rebeldes iraquianos nos últimos dias.

Vizinhos dos estrangeiros seqüestrados informaram à polícia que ouviram o barulho do motor de dois veículos estacionar em frente à casa e, logo depois, notaram que o portão de aço da residência estava aberto.

Italianas

As duas mulheres italianas seqüestradas no último dia 7 por grupos armados iraquianos continuam desaparecidas.

Ontem a imprensa italiana informou que o seqüestro de Simona Pari e Simona Torretta poderia chegar ao fim nas próximas 48 horas e que o estado de saúde das duas era bom.

A notícia foi dada por meio de familiares dos iraquianos que foram seqüestrados junto com as estrangeiras.

Explosão

Nesta manhã, uma explosão foi registrada no centro de Bagdá, matando uma pessoa e ferindo outras dez, segundo informações de autoridades.

A explosão ocorreu em uma área residencial conhecida como Bataween, disse o coronel iraquiano Adnan Abdel-Rahman, funcionário do Ministério do Interior. Bombeiros e ambulâncias se dirigiram para o local.

O Exércitos norte-americano ainda não comentou a explosão.

Em Fallujah [50 km a oeste de Bagdá], um jipe norte-americano foi atingido por uma bomba em uma rodovia. Ainda não há informação de feridos. O Exército dos EUA também não deu detalhes sobre o ataque.

 

 

Folha Online


Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada