Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 30 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Em visita a empresas, Zeca detalha propostas para industrializar MS

26 Jul 2010 - 13h00Por Fátima News

O candidato a governador de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, começou a segunda-feira fazendo visitas a empresas estabelecidas no núcleo industrial da região Norte de Campo Grande. Conversou com empresários e trabalhadores, falou de suas propostas para impulsionar e interiorizar a industrialização do Estado, bem como do compromisso com a desoneração das micro e pequenas empresas inscritas no Simples nacional, que em Mato Grosso do Sul são obrigadas a pagar, ainda, o ICMS, imposto já embutido na alíquota do tributo federal.

Eram 6h30 da manhã quando Zeca chegou na primeira empresa, acompanhado do candidato a senador Dagoberto Nogueira (PDT), do deputado federal Vander Loubet (PT) e do candidato a deputado estadual Paulo Pedra (PDT). Os funcionários se reuniam para a oração, antes de iniciar a jornada de trabalho. Zeca orou junto, pedindo proteção na caminhada e ajuda para realizar todos os seus projetos.

Essas indústrias se instalaram em Campo Grande graças ao programa de incentivos criado durante o governo Zeca. Progrediram e hoje empregam centenas de pessoas. “O imposto que o Estado abriu mão se transformou em empregos, em oportunidades para jovens, pais e mães, que hoje têm a garantia para sustentar suas famílias e viver com dignidade”, comentou Zeca.

A proposta do candidato é regionalizar os incentivos para impulsionar a industrialização de todo o Estado, priorizando as características locais. Paralelamente, o governo vai investir na capacitação da mão-de-obra local, para que as empresas que forem se instalar em determinada cidade empreguem os trabalhadores daquela cidade. “O PT é o partido dos trabalhadores, queremos empregos de qualidade e salários dignos para todos. Não faz sentido a economia do Estado crescer, e a vida das pessoas não melhorar junto.”

Em outra empresa, a Ecomáquinas, genuinamente estadual, que desenvolveu a tecnologia da criação de máquinas para o fabrico de tijolos ecológicos, Zeca ouviu da empregada Maria Rosário Ribeiro que, durante seu governo, realizou o sonho da casa própria e teve, inclusive, o imóvel quitado totalmente.

O candidato também reencontrou a antiga colega do movimento sindical, Márcia Pavão. Ela conheceu Zeca há 20 anos. Trabalhava em uma agência do Bamerindus e lembra que chegou lá o diretor do sindicato vestido de padre e carregando um caixão, em protesto contra as demissões feitas pelos banqueiros. Márcia disse que passou a admirar Zeca a partir daquele encontro e vota nele sempre.

Ainda pela manhã, Zeca, Dagoberto, a candidata a vice-governadora Tatiana Azambuja (PV) e a candidata a suplente de senador Gilda do PT participaram de caminhada pelas ruas do bairro Nova Bahia, região Norte de Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

funcionário da Celpe, José Reginaldo de Santana júnior, 31 anos CRIME HEDIONDO
Funcionário de empresa é executado após realizar corte de energia
imagem Google ABERTURA FRONTEIRA
Pedro Juan Caballero vive expectativa da abertura da fronteira
BRASIL - 142.921 MORTES
Covid-19: Brasil registra 863 óbitos e 32.058 novos casos em 24h
AGORA É LEI
AGORA É LEI: Prisão de até 05 anos para maus-tratos contra cães ou gatos
PANDEMIA
Covid-19: Brasil tem 142 mil óbitos e 4,74 milhões de casos acumulados
+ CONSUMO
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras