Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 25 de julho de 2021
Busca
Brasil

Em um ano, 33 indígenas foram assassinados em MS

8 Jul 2010 - 11h00Por Campo Grande News

Mato Grosso do Sul é o estado com o maior número de homicídios praticados contra indígenas, de acordo com relatório de violência contra povos indígenas no Brasil – 2009, apresentado pelo Cimi (Conselho Indigenista Missionário). Somente no ano passado, 33 indígenas foram assassinados no MS, o que representa 54% do total de 60 casos apresentados pelo relatório no Brasil.

O levantamento deste ano, com dados de 2009, aponta o registro de 60 casos de assassinatos, 19 casos de suicídio, 16 casos de tentativa de morte nno Brasil. Muitas informações se igualam as do relatório de 2008, o que, na avaliação do Cimi não significa que não diminuiu a gravidade da questão, pois a repetição de números apenas confirma o cotidiano de violência vivido por povos indígenas em todas as regiões.

Conforme o Cimi, em Mato Grosso do Sul, os casos de violação de direitos atingem principalmente o povo Guarani Kaiowá. No estado vive a segunda maior população indígena do país, mais de 53 mil pessoas.

Na sexta-feira (9) o Cimi apresenta oficialmente o relatório sobre as violências sofridas pelos povos indígenas no país. O lançamento da publicação será na sede da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), às 15h (de Brasília).

Segundo o vice-presidente do Cimi, Roberto Antônio Liebgott, o relatório mostra a omissão como opção política do governo federal em relação aos povos indígenas.

A atitude, de acordo com ele, implica em diferentes formas de violências, como a não demarcação de terras, falta de proteção das terras indígenas, descaso nas áreas de saúde e educação e a convivência com a execução de lideranças, ataques a acampamentos e outras agressões por agentes de segurança, ataques a indígenas em situação de isolamento, tortura por policiais federais, suicídios entre outras.

Altos índices de violência são ainda registrados quando referentes às agressões ao patrimônio causadas pelos grandes projetos do governo federal. As obras vão desde pequenas centrais hidrelétricas a programas de ecoturismo, gasodutos, exploração mineral, ferrovias e hidrovias. Tais projetos impactam territórios indígenas e afetam a vida de diversos povos, inclusive aqueles que têm pouco ou nenhum contato com a sociedade envolvente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica
TRAGÉDIA NO RIO
Barco vira com nove pessoas matando 3 crianças e 3 adultos
REVOLTA
Mulher tem parte do rosto destruído por ataque de pitbull sem coleira; assista
FLAGRA
Vigilante descobre traição e mata amante da esposa com 3 tiros
SOB INVESTIGAÇÃO
"Te achei!", gritou suspeito antes de matar jovem de 16 anos com 10 tiros