Menu
SADER_FULL
sexta, 23 de abril de 2021
Busca
Brasil

Em seis meses, Ambiental aplica R$ 384 mil em multas

12 Jul 2004 - 07h54
Crimes ambientais cada vez mais freqüentes e variados. A conclusão é do relatório da Polícia Ambiental na região sul do estado, referente aos primeiros seis meses do ano. Os números são expressivos: neste primeiro semestre do ano, foram aplicados R$ 384 mil em multas, a polícia também apreendeu quase mil metros de redes e meia tonelada de pescado.

Em entrevista ao Bom Dia MS, o comandante do pelotão da Polícia Ambiental em Dourados, tenente Renato dos Anjos Garnes, disse que há falta conscientização da população em relação ao crime ambiental, que é um crime comum onde o infrator pode pegar detenção de um a cinco anos. O comandante alertou que o porte ilegal de arma é inafiançável e tem ocorrido constantemente, principalmente, com caçadores.

Neste ano, 124 animais foram apreendidos pela Ambiental e segundo o comandante muitas pessoas estão entregando animais voluntariamente. Neste caso, o infrator não é autuado em flagrante e os animais encaminhados são encaminhados ao Crass – Centro de Reabilitação de Animais Silvestres.
 
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA EM CACHOEIRA
Mãe e filha morrem vítima de tromba d'gua em cachoeira; cunhado também morreu
ASSÉDIO À MENOR
Pastor é investigado após ser filmado beijando e oferecendo dinheiro a adolescente de 14 anos
UTRAPASSAGEM FATAL
Tio e sobrinho morrem "esmagados" por caminhão em rodovia
FATALIDADE
Bebê morre eletrocutado após morder fio de carregador de celular
AJUDA DO GPS
Após ficar 30h desaparecida, médica é encontrada em ribanceira com ajuda de GPS de celular
REVOLTANTE
A intérprete que descobriu na aula de Libras que pastor abusava de adolescente
BRASIL - 381.687 MORTES
Brasil passa de 380 mil mortes por Covid; mais de 3 mil delas foram registradas nas últimas 24 horas
BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19