Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 26 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Em paz, Dorival e Neymar torcem um pelo outro... mas não neste sábado

6 Nov 2010 - 09h52Por Globo Esporte
A 34ª rodada do Campeonato Brasileiro provavelmente começará não com um apito, mas com um abraço. Tudo  porque o jogo entre Atlético-MG e Santos reunirá Dorival Júnior e Neymar. O que poderia ser um encontro de desafetos será, na verdade, uma  reconciliação.
 
Após ser demitido do Peixe por se desentender com Neymar e cobrar uma punição maior ao jogador, Dorival garante que não há qualquer mágoa e que torce pelo ex-pupilo. O craque segue a mesma linha do seu antigo comandante.

O carinho, porém, acabará tão logo a partida tenha início - o confronto em Sete Lagoas (MG) começará às 19h30 (de Brasília). Pelo menos é o que diz Neymar.

- Pelo que eu conheço do Dorival, por este tempo que tive com ele, acho que ele vai me tratar com o maior carinho. Ele sabe que o que aconteceu não foi por maldade. Vai ser um reencontro normal, como de dois amigos que não se veem há algum tempo. Vou tratá-lo com muito carinho, vou dar um grande abraço e, quando a bola rolar, vou ter que defender o meu lado.

Dorival foi pelo mesmo caminho e não economizou elogios ao atacante.

- Não tenho nada contra o Neymar. Ele sabe disso. Da mesma forma, eu já senti o mesmo pelas suas entrevistas. Torço para que ele se recupere totalmente e volte a ser aquele jogador brilhante. Eu não tenho dúvidas que ele será, com o passar dos anos - disse Dorival, que luta para salvar o Atlético-MG do rebaixamento.

Dorival e Neymar trabalharam  juntos no Santos que encantou o Brasil no primeiro semestre. Sob o comando de Dorival, Neymar brilhou e ajudou o alvinegro praiano a conquistar o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil. Para se ter ideia do poderio ofensivo e da qualidade técnica do Santos, o time aplicou goleadas históricas, como os 10 a 0 sobre o Naviraiense, do Mato Grosso do Sul, e os 8 a 1 sobre o Guarani, pela Copa do Brasil, além dos 9 a 1 sobre o Ituano, pelo Campeonato Paulista.

Com a fartura de troféus e vaga garantida na Taça Libertadores de 2011, tudo caminhava às mil maravilhas. Até que, durante o jogo contra o Atlético-GO, no dia 15 de setembro, pelo Campeonato Brasileiro, o técnico Dorival Júnior ordenou que o atacante Marcel cobrasse um pênalti a favor do Santos.
 
Neymar, o antigo cobrador oficial, se revoltou com a decisão e começou a gritar palavrões, ofendendo Dorival e o capitão do time, Edu Dracena. A crise culminou com a demissão do treinador, que foi para o Atlético-MG substituir Vanderlei Luxemburgo.

Passados quase dois meses da confusão, Dorival Júnior e Neymar já fizeram as pazes pela televisão, inclusive trocando mensagens pelo Fantástico . Esta, porém, será a primeira vez que os dois se encontram cara a cara. E pelos discursos de ambos, tudo deve correr na mais perfeita harmonia.

- Eu fico contente em revê-lo. É um garoto que tenho muito carinho. Só guardo coisas boas do Neymar, não tem porque polemizar em cima deste assunto. Já passou, já está mais do que resolvido, e eu não tenho problema nenhum com ele - diz Dorival.

O treinador aproveitou para elogiar muito o futebol do ex-pupilo e também para pedir atenção especial aos defensores do Atlético-MG, na partida deste sábado.

- Não tem como marcar o Neymar em um dia inspirado. Essa é a verdade. A capacidade técnica, a velocidade e a explosão que ele tem são coisas que, aliadas, fazem dele o atleta capacitado que é. É muito complicado, é muito difícil. Não tem como, não tem uma receita para se marcar um jogador que tem todos os recursos, desde que esteja em um grande dia.
 
O Neymar tem esse perfil, é um jogador diferenciado. É um garoto que ainda promete muito, que ainda vai evoluir muito, mas que já, com pouca idade, chama a atenção pelo improviso, por tudo aquilo que possui, em razão dessa condição que lhe é peculiar, é nata. É complicado marcar um jogador assim.

Porém, por mais que Dorival e Neymar tenham dado sinais de paz, quando a bola rolar, a promessa é de um jogo muito disputado entre Atlético-MG e Santos. Neymar afirmou que torce pelo sucesso de Dorival Júnior, mas apenas depois do jogo contra o Santos.

- Eu não tenho visto nenhum jogo do Atlético-MG. Eu torço para que o Dorival se dê bem por lá, mas não neste sábado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso