Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 26 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Em MS, chuva atrasa início das aulas para cerca de 3 mil alunos nas escolas do P

16 Fev 2011 - 07h41Por A maior quantidade de precipitação foi detectada no dia 17 de janeiro, com 83 milímetros em pouco ma

 

Aproximadamente 3 mil alunos da rede pública de educação nas áreas rurais do Pantanal estão sem aulas por causa das chuvas em Mato Grosso do Sul. Nos municípios de Corumbá e Ladário várias escolas seguem paradas por causa das condições das estradas.

O período letivo começou oficialmente na semana passada, mas os ônibus que transportam os estudantes não conseguem trafegar em vários trechos. Após uma reunião entre a Secretaria Municipal de Educação corumbaense e os diretores das escolas de três assentamentos na zona rural, ficou acertada a retomada das atividades na próxima quarta-feira (23).

Segundo o secretário municipal de Educação, Hélio de Lima, a suspensão das aulas teve como motivo principal manter a segurança dos alunos. "Como as estradas estão alagadas ou danificadas por conta das chuvas, decidimos paralisar temporariamente as aulas até os problemas serem solucionados", explicou. Ele ressaltou que a decisão não afetará os 200 dias letivos, previstos pelo Ministério da Educação.

"A reposição será feita aos sábados e com aulas programadas até o fim do primeiro semestre. Não haverá prejuízos aos estudantes", garantiu.

A meteorologia prevê tempo chuvoso até o próximo sábado (19), quando devem começar os serviços de reparos das estradas dos assentamentos afetados. "A Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos pediu de dois a três dias para solucionar o problema. Por isso, as aulas devem retornar no dia 23 de fevereiro", completou o secretário.

Na segunda-feira, os diretores das três escolas rurais se reuniram com o secretário de Educação para debater a estratégia de reposição das aulas e a reorganização dos cronogramas pedagógicos. "Nossas aulas programas vão utilizar os projetos já implantados na escola, como as hortas e feiras comunitárias. Os alunos não deixarão de aprender por conta da suspensão", frisou José de Souza Silva, diretor da escola localizada no assentamento Taquaral.

"Estamos priorizando a segurança dos estudantes. Por isso tomamos essa decisão", complementou Rosa Maria da Silva, gestora da escola Paiolzinho.

As chuvas na região pantaneira superaram o esperado para os meses de janeiro e fevereiro. Conforme levantamento da Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica em Corumbá no primeiro mês de 2011 foram 189 milímetros de chuva, 130% a mais do que o previsto para o período.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

VICENTINA DE LUTO
Vicentina se despede de Nayara Ferreira, Pax Oliveira informa sobre velório e sepultamento
DEODÁPOLIS DE LUTO
Deodápolis se despede do amigo Zé Medeiros, Pax Oliveira informa sobre velório e sepultamento
Brasil
Conheça os finais dos principais personagens de "América"
CALOR - Foto: Álvaro RezendeMETEOROLOGIA
'Tira casaco, bota casaco': Calor volta, mas nova frente fria promete chuva e 10°C no fim de semana
(Reprodução, Câmeras de Segurança, Redes Sociais)DESPEDIDA
Morre adolescente atingido por caminhonete em cruzamento, família pede ajuda para realizar o enterro