Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de junho de 2021
Busca
ESPORTE PELO MUNDO

Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento

Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento com a torcida no estádio

4 Jun 2021 - 17h15

Com passagens por clubes importantes do Brasil, entre eles: América Mineiro, Cruzeiro, Ponte Preta, Vitória e CRB, o lateral-esquerdo Bryan está desde o início do ano no Cazaquistão defendendo as cores do Atyrau. O jogador está totalmente adaptado ao clube, tanto que atuou em todas as 14 partidas da equipe na competição nacional.

A variedade de clubes que Bryan possui na carreira só não é maior que a oferecida pela bet365. Com um cadastro simples e rápido, você garante apostas em diversos times e esportes. Grandes momentos de descontração e diversão são garantidos, vale acompanhar também o Atyrau que vive grande fase.

São quatro jogos sem sofrer gol e ocupa no momento o quinto lugar na tabela de classificação. Vale ressaltar que o segundo e terceiro colocado do Campeonato do Cazaquistão garantem vaga nas eliminatórias da Europa League e o campeão disputa a fase qualificatória da Champions League.

Além do 100% de presença nos jogos do Atyrau, Bryan comemora o fato de estar sendo decisivo para a boa fase do seu clube. Na última rodada, por exemplo, o Atyrau venceu, em casa, o Akzhayik por 2×0, com um gol e uma assistência do jogador brasileiro. No total, Bryan participou de cinco dos 15 gols do Atyrau no Campeonato do Cazaquistão. Foram três gols e duas assistências. “Estou muito feliz com o momento que tenho vivido. Joguei todas as partidas e participei de 1/3 dos gols do Atyrau na competição. Venho ajudando defensivamente, pois não sofremos gols há quatro partidas, e auxiliando também no ataque. Isso é importante, pois além de ajudar a equipe, acabo me destacando individualmente”, comentou Bryan, que recentemente levou a melhor, por 1×0, no confronto diante do Karat, do também brasileiro, Vágner Love.

Em ótima fase, Bryan admitiu que o Atyrau tem objetivos ousados no Campeonato do Cazaquistão. “Queremos sim ficar entre os três primeiros colocados para garantirmos um calendário de competições europeias ao Atyrau na próxima temporada. Após um começo irregular, reagimos bem nas últimas rodadas. O entrosamento do time aumentou bastante e vamos encarar cada partida como se fosse uma final na busca dos nossos objetivos”, ressaltou o lateral-esquerdo.

Para garantir uma vaga na Europa League ou Champions League da próxima temporada, Bryan conta com o fanatismo da torcida do Atyrau. Com a pandemia controlada no Cazaquistão, o público já retornou aos estádios e o relacionamento com os torcedores é bastante positivo. “Nossas partidas já podem contar com uma porcentagem de torcida no estádio e esse apoio é importante para nós. Chama muita minha atenção o fanatismo das crianças por futebol aqui no Cazaquistão. A criançada marca presença até nos treinos. Como sou um dos destaques da equipe, tenho recebido muito carinho deles. Aqui, a Covid-19 está bem controlada e tudo funciona quase que 100% em sua normalidade”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOSE ÚNICA
Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo
VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América