Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 21 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Em crise, Corinthians vence clássico contra o Palmeiras por 1 a 0

7 Fev 2011 - 05h45Por Folha Online

Apesar do domínio alviverde, o Corinthians superou a semana turbulenta que passou após a eliminação na Taça Libertadores e venceu por 1 a 0 o Palmeiras neste domingo, no Pacaembu, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

Com o resultado, os corintianos, que entraram pressionados por sua torcida que protagonizou atos de hostilidade após o fiasco da equipe, chegaram aos nove pontos, na zona intermediária da tabela. De quebra, o Corinthians quebrou a invencibilidade da equipe do Parque Antarctica, que mesmo assim permaneceu na liderança da tabela, com 16 pontos.

Mesmo depois da desclassificação na Libertadores, o técnico corintiano Tite manteve a formação do time no 4-4-2, com o meio de campo na forma de um losango, com Ralf de volante, Jucilei (pela direita), Danilo (pela esquerda), e Luis Ramirez na função de meia de ligação.

Já o Palmeiras, que contou com o zagueiro Thiago Heleno apesar do retorno do titular Danilo, veio a campo no 4-3-3, com o trio Luan, Kléber e Dinei na linha de frente da equipe, enquanto Marcos Assunção, Márcio Araújo e Tinga formavam o setor de meio de campo.

Com este cenário, o Corinthians começou melhor o confronto e, com o domínio da posse de bola, criou as primeiras boas chances de abrir o placar. Na melhor delas, aos 4min, Jucilei tabelou na intermediária e entrou livre na área palmeirense. No entanto, o volante hesitou na jogada e permitiu o goleiro Marcos espalmar a bola para escanteio.

Com o decorrer do tempo, porém, o Palmeiras melhorou a sua postura em campo e comandou as ações da partida até o intervalo. Melhor distribuído que o arquirrival, o time palmeirense ganhava os duelos individuais pelas laterais e, por lá, ameaçava o goleiro Júlio César. Isso porque, do lado esquerdo, o atacante Luan jogava nas costas do lateral direito Alessandro, enquando, do outro extremo do gramado, Cicinho levava a melhor sobre a marcação de Jorge Henrique e criava uma superioridade numérica com Dinei sobre Fábio Santos.

Mas, o time alviverde desperdiçou as melhores oportunidades ao esbarrar nas belas defesas do camisa 1 corintiano. Aos 25min, após cobrança de escanteio, o zagueiro Maurício Ramos, chutou para importante intervenção de Júlio César. No rebote, o mesmo jogador, sozinho, chutou a bola para fora.

Depois, aos 45min, o atacante Kléber recebeu passe na entrada da área, cortou para a perna esquerda e chutou rasteiro, mas o arqueiro adversário fez grande defesa com os pés, assegurando a igualdade no marcador.

Para a etapa final, Tite voltou dos vestiários com Marcelo Oliveira no lugar de Fábio Santos para tentar corrigir o lado esquerdo da sua defesa. No entanto, os palmeirenses continuaram melhor no confronto, principalmente depois das entradas de Patrik e Adriano 'Michael Jackson' nas vagas de Dinei e Tinga, respectivamente.

Assim, a equipe mandante do clássico continuou a ameaçar o goleiro do Corinthians como fez nos primeiros 45 minutos. Mas, no final do jogo, porém, ficou vulnerável a alguns contragolpes do time do Parque São Jorge, que ganhou as entradas de Willian e Morais.

E, em um deles, os corintianos chegaram à vitória. Aos 37min, Alessandro invandiu sozinho o campo palmeirense, tabelou com Morais e, na saída de Marcos, tocou rasteiro para garantir a vitória do time alvinegro.

Na comemoração, o lateral foi em direção da torcida palmeirense para responder às provocações. O goleiro Marcos e o atacante Kléber não gostaram da atitude do rival e discutiram muito com ele.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GANGUE DO TIJOLO
Menores entre 13 e 17 anos formam bando e fazem 'arrastão'; veja vídeo
LUZ DO DIA
Empresário é executado com três tiros dentro de carro
SELFIE DA MORTE
Professora tenta tirar selfie e morre afogada ao cair no mar
tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro