Menu
SADER_FULL
domingo, 28 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Em Brasília, Marun confirma 40 mil casas para MS em 2009

23 Dez 2009 - 10h23Por Notícias.MS

O secretário de Habitação e das Cidades, Carlos Marun, disse hoje (23) que conseguiu estabelecer parcerias com o governo Federal para a liberação de recursos que garantem a Mato Grosso do Sul completar a marca de 40 mil casas ainda em 2009.

Marun trouxe boas notícias de Brasília, onde esteve desde segunda-feira, confirmando a vinda de recursos para cerca de 1.400 unidades habitacionais para municípios com menos de 50 mil habitantes, através do Programa Minha Casa Minha Vida. O investimento é de R$ 18,6 milhões, que somados à contrapartida do governo do Estado e com a cedência de terrenos feita pelas prefeituras, irão beneficiar mais famílias com renda mensal de até três salários mínimos. 

O secretário disse ainda que negociou a vinda de casas através do Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PSH) e também de construção de outras unidades através de parcerias com entidades civis. “A parceria entre os entes federativos - União, Estado, Município -, segmentos da sociedade civil, movimentos rurais, quilombolas e indígenas, além, é claro, do apoio dos parlamentares, é responsável pelo fechamento de 2009 com 40 mil casas garantidas a Mato Grosso do Sul”, pontua Marun.

O secretário lembra ainda que o trabalho de entrega e contratação de novas unidades é constante. Tanto que hoje de manhã o governo do Estado assina com a prefeitura de Selvíria a Ordem de Serviço para a construção de mais 20 unidades habitacionais. À tarde, Marun acompanha o governador André Puccinelli na entrega de 60 unidades habitacionais em Aparecida do Taboado. Às 14h30 serão entregues as chaves do Residencial Cidade Nova, onde famílias de menor renda realizarão o sonho da casa própria às vésperas do Natal.

“Esse é o compromisso do governador André, garantir moradia digna, qualidade de vida e ainda a geração de emprego e renda. Devemos tudo isso aos nossos parceiros que entenderam o nosso propósito de equalizar o déficit habitacional e nos auxiliam nessa empreitada”, disse o secretário.

Marun anunciou ainda que terá reunião com o prefeito Nelsinho Trad para dar andamento às tratativas de construir 300 casas que deverão ser destinadas às famílias que estão morando em barracos, um principio de favela, nas proximidades do bairro Dom Antônio Barbosa. “O recurso virá da União através do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social – FNHIS - e o governo do Estado será parceiro para solucionar esse problema. Esse é o propósito do governador André Puccinelli: manter Campo Grande como a capital sem favelas. E essa situação é de vigilância constante, pois sempre haverá novos casos de favelas” disse o secretário. “Cabe ao trabalho conjunto e constante entre a União, o Estado e o Município, o investimento no setor habitacional”.


Leia Também

# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho
MANIACO SEXUAL
Homem é filmado passando a mão em mulher no meio da rua
+ AUMENTO
Conta de luz deve subir mais de 20% no ano que vem, estima ANEEL
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 10,3 mil casos e 284 mortes em 24 horas