Menu
SADER_FULL
quinta, 22 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Em 20 anos, número de mortes por câncer vai dobrar no mundo

2 Jun 2010 - 10h08Por Agência Brasil

Até 2030 o câncer deve matar, por ano, 13,2 milhões de pessoas em todo o mundo. A estimativa, divulgada hoje (1º), é da Agência Internacional para Pesquisa sobre Câncer das Nações Unidas (Iarc). Em 2008, o número de mortes por câncer chegou a 7,6 milhões. A pesquisa constatou ainda que serão diagnosticados 21,4 milhões de casos por ano nas próximas duas décadas.

A agência fez as previsões para as próximas duas décadas tomando por base a hipótese de que a incidência da doença vai manter o atual ritmo de crescimento enquanto a população mundial deverá atingir a marca de 8,3 bilhões de habitantes.

Em 2008, mais da metade dos casos ocorreu em países em desenvolvimento – 63% das mortes e 56% dos diagnósticos. Segundo a agência, os cânceres que mais matam são os de pulmão, estômago e fígado. Já a maioria dos casos detectados no mundo é de pulmão e mama. No Brasil, o Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima que, este ano, serão registrados quase 50 mil casos de câncer de mama e mais de 27 mil casos de câncer de pulmão. O câncer é a segunda causa de mortes no país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos
VEJA VIDEO
Índio precisa buscar socorro a cavalo após ataque de onça
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filha de 9 anos flagra pai estuprando menina de 5 na lateral da casa
AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio emergencial: 5,6 milhões de pessoas recebem nesta terça-feira
FAMOSIDADES
Luan Santana e Jade Magalhães terminam noivado de 12 anos
CORONAVIRUS NOS ANIMAIS
Gato é o primeiro animal no Brasil que testa positivo para o Coronavirus
ABSURDO
Enfermeiros, fisioterapeuta e médico são afastados após denúncia de estupro na UTI