Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 2 de agosto de 2021
Busca
Brasil

Em 10 anos, UFGD terá 13 mil alunos e 2 mil servidores

29 Jul 2010 - 10h44Por Assessoria
A implantação da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) deve ser concluída em um prazo máximo de três anos. Até o final de 2012, a expectativa é de que a universidade conte com aproximadamente 7,5 mil pessoas, entre estudantes, professores e técnicos administrativos. No entanto, conforme o reitor da UFGD, Damião Duque de Farias, a universidade já iniciou o planejamento do processo de expansão institucional. A meta é audaciosa.
Conforme o reitor, até 2020, a comunidade interna da UFGD deverá ser formada por aproximadamente 15 mil pessoas, sendo 13 mil estudantes (10 mil alunos de graduação e 3 mil de pós-graduação) e dois mil servidores (professores e técnico-administrativos). Atualmente, a UFGD conta com 5,5 mil alunos e 830 servidores.
Segundo o reitor, após cinco anos de sua criação, a universidade ainda trabalha para consolidar o processo de implantação, recebendo um grande volume de investimentos para a melhoria da infraestrutura física da universidade, com a construção de prédios, laboratórios e compra de equipamentos. “Podemos analisar o antes e o depois da UFGD. Antes, quando ainda campus da UFMS, enfrentávamos uma grande crise estrutural e uma situação degradante, com nossos alunos fazendo greve devido à falta de sala de aula e professores. Hoje, cinco anos depois da criação da UFGD, o ensino superior em Dourados vive outro momento. Hoje, vivemos um momento de consolidação, com a construção de um ambiente favorável para o desenvolvimento do ensino, da ciência e da pesquisa”, comentou.
A consolidação da estrutura da universidade tem demandado um grande volume de investimentos. Para se ter uma ideia, em 2010, o orçamento da UFGD supera os R$ 130 milhões, sendo R$ 100 milhões obras, desenvolvimento do ensino, pesquisa e custeio. Os outros R$ 30 milhões estão sendo investidos no HU (Hospital Universitário de Dourados), que recentemente foi incorporado pela universidade.

EXPANSÃO

Conforme o reitor, até o momento, já foram investidos aproximadamente R$ 75 milhões para a construção de prédios na UFGD. Para agosto, está previsto a inauguração de diversas obras de infraestrutura que fazem parte do processo de implantação da universidade. Serão entregues os prédios que vão abrigar o anfiteatro, restaurante universitário, quadra poliesportiva, Centro de Educação Infantil, além do lançamento de novas obras na unidade II. Para 2011, estão previstos investimentos superiores a R$ 20 milhões para a construção de prédios, laboratórios e aquisição de equipamentos.
Para Damião Duque de Farias, apesar dos avanços já constatados, o grande impacto de crescimento de Dourados gerado pela UFGD ainda está por vir. Segundo ele, os investimentos, a chegada de profissionais e profissionais altamente capacitados e avanço da cultural e educacional deverão chegar uma grande explosão de desenvolvimento econômico e social em Dourados. “Dourados tem recebido uma grande quantidade de pessoas com capacidade cultural e administrativa acima da média. Isso, aliado ao potencial econômico da cidade, vai resultar em um grande salto de desenvolvimento social e uma verdadeira transformação de Dourados”, avalia o reitor.

CURSOS

Atualmente, a UFGD oferece 28 cursos de graduação e aproximadamente 700 nos 11 programas de pós-graduação (9 mestrados e 2 doutorados). Os cursos de graduação são de Medicina, Nutrição, Administração, Economia, Ciências Contábeis, Biotecnologia, Ciências Biológicas, Gestão Ambiental, História, Geografia, Ciências Sociais, Psicologia, Letras, Artes Cênicas, Agronomia, Engenharia Agrícola, Zootecnia, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Produção, Engenharia de Energia, Matemática, Química, Sistema de Informação, Pedagogia, Educação Física, Licenciatura Indígena, Direito e Relações Internacionais.
São oferecidos ainda cursos de mestrado em Agronomia, Zootecnia, Ciência e Tecnologia Ambiental, Ciências da Saúde, Geografia, Educação, História, Letras e Entomologia e Conservação da Biodiversidade. Os dois cursos de doutorado da universidade são em Agronomia e Entomologia, e Conservação da Biodiversidade. Segundo Damião Duque de Farias, para os próximos anos, a UFGD prepara a criação de mais 12 cursos de graduação e outros quatro de pós-graduação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÃOPAINHA
Cachorro toca campainha após ficar trancado fora de casa
SONHO INTERROMPIDO
Ultimo ensaio fotográfico minutos antes de médico sofrer choque e morrer nas vésperas de casamento
OLIMPÍADA
Rebeca é prata e faz história na ginástica olímpica em Tóquio
FENÔMENO DA NATUREZA
Chuva de meteoros será visível na madrugada de quinta para sexta em todo Brasil
A CASA CAIU
Mulheres se unem e surram "valentão" flagrado agredindo ex no meio da rua
CRISE HÍDRICA
Novas fontes preparam MS para a crise hídrica, ressalta governador
ABAIXO DE ZERO
Com -8,6°C, SC registra a menor temperatura do Brasil em 2021, diz Inmet
COVID-19
Em dia de aumento de casos Brasil tem 1.333 óbitos por Covid - 19 nas últimas 24 horas
CONCURSO PÚBLICO
Caixa Econômica convocará 9 mil de concursos e abre mais mil vagas
BRASIL - 550.502 MORTES
Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos