Menu
SADER_FULL
sábado, 25 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Egon e Mineiro entregam entreposto de calcário em Ponta Porã

31 Ago 2004 - 17h38
Produtores rurais assentados na região de fronteira vão receber seis mil toneladas de calcário adquirido pelo governo do Estado.

O vice-governador Egon Krakhecke e o secretário Valteci Ribeiro de Castro Júnior, o Mineiro (Desenvolvimento Agrário), participam nesta quinta-feira da solenidade de entrega do entreposto de calcário de Ponta Porã.

O evento, que deve reunir agricultures familiares de 6 municípios (Ponta Porã, Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos), será realizado a partir das 15h no entreposto (BR-463, saída para Dourados).

Usado na correção do solo, o calcário é um insumo fundamental para a correção da acidez do solo e para a recuperação da fertilidade da terra.

“Esse é um ingrediente fundamental para o aumento da produtividade da agricultura familiar e está no foco das prioridades do governo para fortalecer este segmento, que tem mostrado a sua competência na produção de alimentos e na geração de trabalho e renda”, disse o vice-governador.

O calcário chegará aos pequenos produtores que atenderem as recomendações técnicas, fincando a cargo do produtor o transporte a partir do entreposto até a área onde o calcário será aplicado. Entre os critérios para o benefício: prioridade para a produção de subsistência, atendimento às famílias com menor renda e incentivo à produção agroecológica.

Até o final do mês já estarão funcionando em Mato Grosso do Sul cinco entrepostos de calcário similares ao que será entregue nesta quarta-feira. O primeiro foi entregue no mês de agosto em Itaquiraí. A chegada do calcário aos pequenos produtores coincide com o período de preparo do solo, que antecede o plantio da safra de verão.

A implantação dos terminais faz parte do programa Terra Nova, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, que pretende atender a alta demanda de recuperação dos solos das áreas de agricultura, principalmente nos assentamentos, incluindo também as áreas indígenas e as comunidades negras rurais.

No total, o governo do Estado pretende atender cinco mil famílias. Para a execução deste projeto serão destinados recursos na ordem de R$ 2,7 milhões, do Fundo de Investimento Social (FIS).
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada