Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de abril de 2021
Busca
Brasil

Edílson e Vampeta estão deixando o Vitória

7 Jul 2004 - 10h11

Depois de perder o zagueiro Adailton, que foi negociado para o futebol francês, as duas maiores estrelas do Vitória na temporada estão deixando o clube: o volante Vampeta e o atacante Edílson.

Os dois jogadores confirmaram, na manhã desta quarta-feira, que receberam uma proposta do futebol do Catar.

As negociações envolvendo Vampeta estão mais adiantadas (o jogador deve assinar contrato nos próximos dias), mas o destino de Edílson, artilheiro do Vitória no Brasileiro, deve ser o mesmo.

A diretoria do clube baiano ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, mas os dois jogadores têm no contrato uma cláusula que obriga o time baiano a liberá-los, em caso de proposta para o exterior.

Depois de mais uma derrota fora de casa, contra o Vasco, o Vitória somente volta a jogar no próximo sábado, contra o Botafogo, no Barradão.

Para este jogo, o técnico Oswaldo de Oliveira não poderá contar com o zagueiro Nenê e o volante Vinícius, que estão suspensos.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA EM CACHOEIRA
Mãe e filha morrem vítima de tromba d'gua em cachoeira; cunhado também morreu
ASSÉDIO À MENOR
Pastor é investigado após ser filmado beijando e oferecendo dinheiro a adolescente de 14 anos
UTRAPASSAGEM FATAL
Tio e sobrinho morrem "esmagados" por caminhão em rodovia
FATALIDADE
Bebê morre eletrocutado após morder fio de carregador de celular
AJUDA DO GPS
Após ficar 30h desaparecida, médica é encontrada em ribanceira com ajuda de GPS de celular
REVOLTANTE
A intérprete que descobriu na aula de Libras que pastor abusava de adolescente
BRASIL - 381.687 MORTES
Brasil passa de 380 mil mortes por Covid; mais de 3 mil delas foram registradas nas últimas 24 horas
BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19