Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 12 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Brasil

Duas pessoas são presas transportando cocaína em Dourados

6 Out 2004 - 09h29
 

Elizabeth Pereira da Silva, de 40 anos de idade, residente à rua 19, no Jardim Flórida II, foi presa por volta das 22 horas de ontem, nas imediações da prefeitura de Dourados, na rua Joaquim Teixeira Alves, com 23 papelotes de cocaína e mais 69 reais em dinheiro. Ela estava em companhia de uma menor, garota de programa, e afirmou que é viciada na droga.

Na rua Uirapuru, no Jardim Vista Alegre, a polícia prendeu, na madrugada de hoje, por volta das duas horas, Adnaldo Ribeiro da Silva, de 41 anos, conhecido como Marcinho, residente no Jardim Santo André, que estava com 12 papelotes de cocaína e 441 reais em dinheiro. Ele conduzia uma moto CG Titan 125, ano 87, cor vermelha, placa HQK 7984. Marcinho, que cumpre liberdade condicional por tráfico de drogas, não soube informar de quem seria o produto.

Os dois foram autuados por tráfico de entorpecentes.

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo