Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 22 de junho de 2021
Busca
Brasil

Duas indústrias de MS estão na final do Prêmio CNI 2009

30 Out 2009 - 10h22Por Fátima News, com Assessoria

Projemix Reciclagem e Nastek Indústria e Tecnologia concorrem nas categorias Desenvolvimento Sustentável e Inovação e Produtividade, respectivamente

 

 

 

Transformar em telhas e blocos de concreto os resíduos de demolições e de obras da construção civil e possibilitar a comunicação móvel de dados via rádio VHF são os projetos das duas empresas sul-mato-grossenses Projemix Reciclagem e Nastek Indústria e Tecnologia, ambas de Campo Grande, finalistas nas categorias “Desenvolvimento Sustentável” e “Inovação e Produtividade”, respectivamente, do Prêmio CNI 2009.

 

 

Os ganhadores serão conhecidos no próximo dia 17 de novembro, em Brasília (DF), quando a CNI vai entregar troféus para as micro, pequenas, médias e grandes empresas de todos os segmentos industriais que apresentaram projetos nas categorias “Desenvolvimento Sustentável”, “Design” e “Inovação e Produtividade”.

 

 

Na modalidade Micro e Pequena Empresa, categoria “Desenvolvimento Sustentável”, a Projemix Reciclagem concorre com o projeto “Verde Vida – Um compromisso com a Humanidade”. De acordo com o diretor Anagildes Caetano de Oliveira, o projeto consiste em reaproveitar resíduo de demolições e de obras de construção civil para transformar em telhas e blocos de concreto.

 

 

A empresa recebe por mês cerca de 200 caminhões de resíduos, que equivalem a cerca de mil toneladas de material utilizado para a produção de 80 mil telhas e 160 mil blocos por mês. “Essa é a nossa forma de produzir, gerar empregos e promover a sustentabilidade. Hoje, 90% da matéria-prima utilizada em cada produto é reciclado”, ressaltou Anagildes de Oliveira.

 

 

Ele reforça que, além de retirar esses dejetos do meio ambiente, ainda proporciona ao consumidor um produto de qualidade e que custa bem mais barato. “Uma construtora que utilizar essa linha da Projemix consegue uma economia de até 30% no custo da produção em relação ao uso dos materiais convencionais”, disse.

 

 

Para o próximo ano, a meta é ampliar ainda mais a produção, retirando quantidades ainda maiores de resíduos do meio ambiente. “Para o primeiro trimestre de 2010 projetamos uma produção mensal de 450 mil telhas e 300 mil blocos”, informou o diretor, declarando que o Prêmio CNI representa o reconhecimento público dos esforços da empresa. “Esse projeto é de extrema importância para todos nós porque preserva o meio ambiente, o mundo inteiro precisa disso, precisa aprender a produzir respeitando o meio ambiente e preservando as matérias-primas naturais”, disse.

 

 

Outra finalista

 

 

A outra representante sul-mato-grossense é a Nastek Indústria e Tecnologia, que concorre na modalidade Média e Grande Indústria, categoria Inovação e Produtividade, com o projeto SDM (Sistema de Despacho Móvel), que é um sistema de comunicação móvel de dados via rádio VHF. De acordo com o empresário José Wanderley Scucuglia, a empresa adotou como estratégia a inovação para suprir um gargalo tecnológico e possibilitar a utilização das plantas de rádios analógicas já instaladas nas companhias para comunicação confiável de dados.

 

 

O produto alavancou a empresa de energia elétrica quadruplicando seu faturamento ano a ano e, a partir de 2010, a expectativa é exportar o SDM, que nasceu na contramão do mercado e é um case de sucesso que demonstra o poder da inovação. “Foi utilizado inclusive no Haiti pelo Exército do Brasil na missão de paz da ONU”, completou José Scucuglia, ressaltando que a Nastek tem hoje 30 funcionários, trabalha no desenvolvimento e produção de soluções inovadoras em produtos e sistemas dedicados à automação de processos e serviços em diversas áreas de aplicação.

 

 

“Usamos a inovação para fazer nosso mercado, ou seja, nós criamos a demanda de mercado através da inovação. A empresa desenvolve produtos por gargalos criando a sua demanda”, pontuou o dono da Nastek, informando que em três anos de atuação a empresa já desenvolveu e colocou no mercado dois produtos e 16 novos estão em andamento.

 

 

O prêmio

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

JOGOS ONLINE
Expectativas para legalização de jogos de azar movimenta mercado internacional
Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOSE ÚNICA
Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo
VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai