Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 2 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

DRT vistoria a usina Dcoil de Naviraí nesta terça-feira

10 Abr 2007 - 05h31
Equipes da Delegacia Regional do Trabalho de Mato Grosso do Sul (DRT-MS) retornam nesta terça-feira, dia 10, a Naviraí, para averiguar a situação na destilaria Centro-Oeste Iguatemi, que foi interditada há uma semana. No local, integrantes do Grupo Especial Móvel do MPT (Ministério Público do Trabalho) encontraram 409 trabalhadores atuando em situação considerada degradante.

Por conta do problema, a destilaria foi interditada, mas a contratação já está liberada pela DRT, cujos fiscais amanhã farão análise geral das condições. Conforme a assessoria de imprensa do órgão, em 40 dias os questionamentos feitos pelo grupo devem ser resolvidos. Entre as irregularidades estava o alojamento, considerado inadequado, e a falta de equipamentos pessoais de segurança.

O proprietário da usina, Nelson Donadel, afirmou que a partir de ontem, as contratações foram retomadas. Ao menos 600 postos de trabalho serão preenchidos. Donadel ainda contratou um médico do trabalho para fazer os exames de admissão. Até a denúncia do grupo, quem fazia o trabalho era o próprio Donadel, que é médico do trabalho. A usina produz cerca de 200 mil litros de álcool/dia.

 

 

Sul News


Deixe seu Comentário

Leia Também

COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Fátima do Sul tem mais 04 casos confirmados, sobe para 69 e tem 12 pacientes recuperados