Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 5 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Drogba deve jogar contra Portugal, diz técnico da Costa do Marfim

10 Jun 2010 - 14h19Por Terra

O atacante Drogba ainda é dúvida na estreia da seleção marfinense no Mundial da África do Sul. No entanto, o técnico Sven-Goran Eriksson não descarta utilizar o atleta já na primeira partida contra Portugal.

"Acho que se o jogo fosse hoje ou amanhã ele não jogaria, mas ainda temos alguns dias (até o duelo). Ele deve jogar contra Portugal, mas nós não sabemos disso hoje", afirmou o treinador.

Além da seleção portuguesa, a Costa do Marfim terá pela frente Brasil e Coreia do Norte. O Grupo G é considerado o mais forte do Mundial, mas mesmo assim Eriksson acredita em uma boa campanha marfinense.

"É um grupo difícil mas nós estaremos preparados e vamos fazer de tudo para jogar bem contra todos os times", disse o técnico.

A Costa do Marfim estreia no dia 15 de junho contra Portugal, às 11h, em Porto Elizabeth. No mesmo dia, brasileiros e coreanos se enfrentam, só que em Johannesburgo, às 15h30 (de Brasília).

Deixe seu Comentário

Leia Também

TERMPESTADE
Região sul deve ser atingida por outro fenômeno menos devastador que o Ciclone Bomba
LIVE
Mulher de Fábio Porchat aparece pelada em live com Guilherme Boulos
VITIMA DA COVID 19
Antes de morrer de covid-19, jovem manda áudio: ‘Vão desligar os aparelhos’
BRASIL - 64.265 MORTES
Brasil tem 1.577.004 casos de covid-19 diagnosticados
ELEIÇÃO MUNICIPAL 2020
Campanha eleitoral de 2020 deve ser proibido comícios e aglomerações
MORTES POR COVI-19
Mãe e filha morrem vítimas da Covid-19 em intervalo de três dias
PREVENÇÃO COVID 19
Giovanna Antonelli viraliza ao mostrar truque para evitar contaminação
FEMINICÍDIO
Marido é preso após matar mulher asfixiada e na fuga causa acidente de carro e deixa 08 feridos
BORA PRA BONITO - MS - REABERTO
Hotel Águas de Bonito reabre com segurança e estrutura proporcionada para o aconchego em Bonito (MS)
BRASIL - 62.045 MORTES
Brasil passa de 62 mil mortes pelo novo coronavírus