Menu
SADER_FULL
terça, 15 de junho de 2021
Busca
Brasil

Dourados: Lei obriga Bombeiros devolver 15 terrenos para a Prefeitura

2 Fev 2010 - 17h48Por Mídia Max

Uma lei criada pela Câmara Municipal de Dourados em 11 de maio de 1995 obriga o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do sul a devolver quinze terrenos a Prefeitura.

Os terrenos que totalizam uma área de 5957,40 metros quadrados estão localizados numa região privilegiado do bairro João Paulo II. No local já funcionou a Escola Municipal Álvaro Brandão e atualmente o espaço é ocupado pela Corporação dos Patrulheiros Mirins de Dourados.

Os terrenos eram de propriedade da Prefeitura de Dourados e através da Lei 1980 sancionada há quinze anos pelo então prefeito Humberto Teixeira autorizou a doação dos terrenos ao Corpo de Bombeiros para a implantação da sede da Corporação dos Patrulheiros Mirins de Dourados.

Conforme o parágrafo único do artigo segundo da lei, “no caso de extinção da Corporação dos Patrulheiros Mirins” automaticamente os terrenos que formam um quarteirão seriam revertidos para a Prefeitura Municipal.

Acontece que desde 2003 que a Corporação dos Patrulheiros Mirins está sendo diretoria. Com uma divida superior a R$ 200 mil em impostos federais, a Corporação em 2004 perdeu o título de “utilidade pública municipal” concedido pela Prefeitura.

Foi a partir desta data que o título de “utilidade pública” foi repassado para a Associação de Patrulheiros Mirins de Dourados, uma nova entidade criada para garantir o funcionamento da Corporação que não podia mais atuar por causa das dívidas e por não ter diretoria.

A migração do título de utilidade pública da Corporação para a Associação foi garantida através da lei 3695 de 19 de agosto de 2004 sancionada pelo então prefeito Laerte Tetila. Esta lei alterava apenas o artigo primeiro da lei 1515 de 07 de outubro de 1998 que dava o título para a Corporação.

Caso seja confirmada a extinção jurídica da Corporação dos Patrulheiros Mirins, os quinze terrenos deverão ser devolvidos para a Prefeitura de Dourados e os patrulheiros não teriam mais direito de utilizar a área que atualmente é administrada sem respaldo jurídico pela Associação dos Patrulheiros Mirins.

A área que poderá ser devolvida a Prefeitura é formada por dez terrenos de 360 metros quadrados; três de 420 metros, um de 641,40 e outro de 456 metros quadrados.


Deixe seu Comentário

Leia Também

MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado
ANTECIPAÇÃO
Governo antecipa pagamento de parcelas do auxílio emergencial
918d8b7fa56ee0a828ae4ad908fedeb3 ATENTADO AO PUDOR
Casal é flagrado fazendo sexo em plena praça pública no dia dos Namorados
TRAGEDIA NA RODOVIA
Jovem morre após desviar de buraco e cair com carro em córrego
+ AUMENTO
Gás de cozinha fica mais caro a partir desta segunda feira, 14
CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal