Menu
SADER_FULL
sábado, 31 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CIA DO BICHO
Brasil

Dourados instala modelo de iluminação pública mais resistente

1 Jun 2010 - 06h10Por Fátima News com Assecom

A Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), vai readequar a iluminação das vias públicas com a colocação de luminárias retráteis que ficarão abaixo da copa das árvores. O material tem maior resistência e é totalmente vedado, o que evita desgastes com a exposição ao tempo e acúmulo de poeira, aumentando assim a vida útil da lâmpada em 40%.

“Nossa cidade tem muitas árvores e de grande porte, o que contribui para que as ruas fiquem mais escuras durante a noite, por isso nossa intenção em rebaixar a iluminação fazendo com que a rua fique iluminada e não as árvores, como acontece atualmente”, afirma o secretário de Serviços Urbanos, Cláudio Marcelo Hall.

Serão colocados dentro de seis meses cerca de mil luminárias retráteis com aproximadamente seis metros de altura, metade do comprimento do material utilizado atualmente. Há cerca de um ano esta inovação vem sendo testada na Rua Joaquim Alves Taveira, entre as ruas Ponta Porã e Monte Alegre e não apresentou nenhum problema.

O diretor iluminação pública da prefeitura, Edilson Adolfo Semzack, disse que será colocado um retrátil direcionado para a rua e outro para a calçada. “Testamos para ver se compensava e realmente a diferença é nítida. Vamos priorizar lugares próximos às escolas e igrejas e aqueles onde há mais casos de violência e vandalismo”, explica. Desde o início da atual administração já foram colocados mais de 60 braços de iluminação na reserva indígena atendendo reivindicações das lideranças e comunidade.

A próxima etapa é aumentar estes números e ainda estender o trabalho aos distritos de Dourados. “O prefeito encontrou um déficit de 3.500 braços de iluminação. Nossa meta será reduzir a zero este número até o final desta gestão”, garante Edilson Adolfo. O novo material será colocado de forma gradual, conforme as aquisições e trabalhos de manutenções nos braços antigos.

Teste

Neste mês, a Semsur vai testar um novo modelo de lâmpada no centro da cidade. Conforme o fabricante, o material possui uma duração de 6.000 horas e uma economia de até 80% em comparação a lâmpada comum, por possuir um reator adaptado. Atualmente a lâmpada é utilizada no pátio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos. “Ela tem uma luz clara e não amarelada como as outras e se aprovada pretendemos instalar no município em 2011”, avalia Edilson Adolfo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TENTATIVA DE ESTUPRO
Vídeo mostra empresário assediando jovem na entrevista de emprego
PANE EM AVIÃO
'Sobrevivemos só com a água chuva', diz cantor de MT que ficou 24 dias na mata
PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU
Pandemia avança e MS registra 555 novos casos de Coronavírus em apenas 24h
INCÓGNITA
Governo ainda não definiu como será o 13º de quem teve corte salarial
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
Vítima contou violência sexual para a tia ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso é denunciado por estuprar filha de amigos e a enteada
FENÔMENO DA NATUREZA
Evento raro: Lua Azul poderá ser vista no Dia das Bruxas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia