Menu
SADER_FULL
segunda, 10 de maio de 2021
Busca
Brasil

Dourados inaugura laboratório de monitoramento a ferrugem

13 Dez 2004 - 14h38
A Secretaria de Estado da Produção e do Turismo (Seprotur), a Bayer Cropscience, entre outros parceiros, vai inaugurar na próxima quarta-feira, dia 15, às 10h, no Sindicato Rural de Dourados, mais um laboratório de monitoramento a ferrugem da soja. Este é o terceiro dos quatro laboratórios que estão sendo implantados no Estado para combater a doença que na semana passada pegou os sojicultores de surpresa ao confirmar o primeiro foco da doença na região de Ponta Porã.

A pesar de ainda não ter sido inaugurado, o laboratório de monitoramento de Dourados já está funcionando e foi o primeiro a examinar o material colhido na Fazenda Itamarati. O fungo foi descoberto pela equipe da Bayer – coordenada pelo professor Walber Luis Gavasoni, responsável pelos laboratórios de Naviraí, Maracajú e Dourados – que trabalha no centro de diagnose daquele município, na última quarta-feira, mas apenas divulgado oficialmente no último sábado.

“Esta aí a importancia de trabalhos como esse. O governo do Estado sinaliza que tem interesse em contribuir com a classe produtora, indica parceiros – pois sem a iniciativa privada não temos condições de dar andamento aos nossos trabalhos, está aí o exemplo da Bayer – é assim que as coisas acontecem”, comenta o diretor-presidente da Associação dos Produtores de Sementes e Mudas de Mato Grosso do Sul (Aprossul), Carmélio Romano Roos, ao comparar com a parceria que está firmando hoje com o governo, através da Seprotur, e que beneficiará os sojicultores com um trator para desenvolver pesquisas em novas cultivas de soja.

Para evitar sustos, como o comprovado em Dourados, é importante que o produtor fique atento ao monitorar a lavoura. “O sucesso do monitoramento está na coleta correta do material. Por isso, também estamos auxiliando os produtores com material informativo sobre os procedimentos que devem ser adotados e também distribuindo os saquinhos onde essa amostra deve ser armazenada”, indica o gerente regional de marketing da Bayer, Marco Andrey Salle. Ainda segundo Andrey os agricultores podem encontrar esses materiais nos Sindicatos Rurais e nos laboratórios de monitoramento a doença.

“É importante lembar que produtor pode monitorar sua lavoura a partir dos nossos laboratórios. Basta apenas se cadastrar em um dos quatro centros de diagnose. Nesse caso o agricultor terá apenas que doar, uma única vez, 5 kg de alimento não perecível que serão doados a entidades beneficentes”, finaliza Marco Andrey.


Investimento

Para custear esse projeto, no que diz respeito à reforma de laboratórios, equipamentos, pagamento e treinamento de pessoal, foram investidos cerca de U$S 200 mil, tudo isso a cargo da grande parceria com a Bayer Cropscience. “A exemplo da Bayer, que está contribuindo com esse grande investimento, estamos abertos a novos parceiros que, juntamente com o governo do Estado, queiram expandir essa iniciativa em outros municípios”, argumentou o superintendente de Agricultura e Pecuária da Seprotur, Benedito Mário Lázaro.

Quanto ao último laboratório a ser inaugurado, o de Chapadão, já está sendo feito o agendamento que deverá ser confirmado para a próxima semana, dia 20. Em casos de dúvidas sobre a ferrugem os produtores podem ligar para os telefones (067) 422-5039 em Dourados, (067) 461-1383 em Naviraí, (067) 562-2032 em Chapadão do Sul e (067) 454-2631 em Maracajú.
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo