Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 18 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Dourados deixa de arrecadar R$ 94 mil com parquímetro

12 Mai 2011 - 08h31Por Diário MS

A Prefeitura de Dourados encaminhou ontem à Caiuá Assessoria, um ofício informando que não fará renovação do contrato que concede à empresa a exploração do parquímetro. O motivo é a baixa remuneração do município com o serviço. De acordo com o Departamento de Trânsito da Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos), a arrecadação média por mês com a cobrança da tarifa de estacionamento é de R$ 100 mil, mas, deste montante, a prefeitura estaria recebendo somente R$ 6 mil mensais.


Até 27 de julho, o serviço permanece sob responsabilidade da empresa. “Nosso pedido não é de cancelamento, nós vamos cumprir o contrato. O oficio é comunicando que não vamos mais renovar a partir dessa data”, afirma o diretor do departamento, Fabiano Costa. Ele ainda lembra que quando foi feito o reajuste na tarifa em anos anteriores, ficou amortizada a dívida com a instalação dos equipamentos que ficam nas calçadas e com isso, eles ficarão para prefeitura quando a empresa deixar a administração do serviço.A pretensão é de que a Agetran (Agência Municipal de Trânsito), que está em fase de criação, fique responsável pelo controle das cobranças do estacionamento rotativo, mas ainda não está definido como isso será feito.

“Vamos ver o que ficará mais viável, podemos ter pessoas contratadas diretamente para isso ou contratar uma nova empresa ou fazer convênios com a patrulha mirim ou a Guarda Municipal, isso está sendo estudado ainda. Temos que avaliar todas as opções para depois definir”, afirma Costa.
O projeto de lei que cria a agência está em fase de elaboração na PGM (Procuradoria Geral do Município). Uma reunião entre o diretor do departamento, junto com o prefeito, Murilo Zauith, está marcada para amanhã e deve definir os últimos detalhes, antes que o documento seja encaminhado à Câmara Municipal, para apreciação e votação dos vereadores.


O departamento acredita que todos os trâmites devem demorar entre 30 e 60 dias. “O serviço depende disso, porque os trabalhos serão definidos junto com a criação da agência, não só o parquímetro, mas também o das lombadas. Não tem como prever uma data exata, mas se tudo correr rapidamente, antes do dia 27 de julho, por exemplo, pode ser que o serviço do parquímetro nem pare”, reitera o diretor.


Existem instalados hoje no município, 2 mil vagas de estacionamento rotativo, mas a prefeitura pretende ampliar o atendimento no futuro na área central da cidade. “É uma reivindicação das entidades ligadas ao comércio que nós pretendemos atender”, disse o diretor de trânsito, que deve permanecer como responsável pela agência.

OUTRO LADO

A gerente da Caiuá Assessoria em Dourados, Osilaine Nachi, disse que até a tarde de ontem a empresa não havia recebido o comunicado oficial da prefeitura, informando que o contrato não seria renovado e, por isso, não se manifestaria sobre o assunto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério
SEUS DIREITOS
Trabalhador afastado por Covid-19 tem direito a auxílio-doença do INSS
COM DESCONTOS
Veja as opções de pagamento do IPVA com desconto