Menu
SADER_FULL
quarta, 3 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Dourados conta com 192 candidatos a vereador

2 Jul 2004 - 13h08
Para cada uma das 12 vagas a serem ocupadas na Câmara de Dourados para o mandato que começa em 1º de janeiro do ano que vem e termina no dia 31 de dezembro de 2008, serão 16 candidatos. No total, as oito coligações, formadas por 21 partidos, para a eleição proporcional lançaram 192 nomes, cerca de 20 por cento nomes a menos do que a eleição de 2000. Naquele ano, quando disputaram as 17 cadeiras da Câmara cerca de 240 candidatos, a concorrência foi de 14,1 candidatos por vaga.

As coligações que apóiam a reeleição do prefeito Laerte Tetila (PT) lançaram o maior número de candidatos: 96. As coligações formadas em torno da candidatura de Bela Barros (PDT) somam 72 candidatos a vereador, enquanto que os três partidos da coligação do candidato José Roberto (Prona) lançam 24 postulantes. Dos atuais 17 vereadores, apenas Akira Oshiro (PPS) não tentará a reeleição e, claro, Bela Barros, que tenta chegar à prefeitura. Os partidos têm prazo até segunda-feira para registrar as candidaturas junto à Justiça Eleitoral.

 
 
Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Brasil registra mais de 31 mil mortes por covid-19
COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial