Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 24 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Dores de cabeça podem estar associadas à má postura no trabalho

21 Mar 2011 - 09h08Por Lide Multimídia

Cansaço muscular, fadiga e até dor de cabeça, são sintomas que costumar estar ligados ao estresse. Mas, o que poucos imaginam é que a má postura no ambiente de trabalho pode ser o indício inicial de todas essas dores. Segundo as estatísticas mundiais, 80% das pessoas sofrem de sintomas atribuídos à coluna vertebral. Desde a forma como as pessoas se posicionam na frente do computador até a quantidade de horas que elas permanecem na mesma posição são alguns dos vilões que acarretam todos os sintomas.

Os problemas posturais mais comuns são as dores na região lombar. “Padrões constantes da mesma postura acarreta ainda desequilíbrio muscular em todo o corpo, transferindo a dor para extremidades como cabeça, ombro, cotovelo, joelho e mãos”, explica a coordenadora da especialização em Osteopatia da Faculdade Inspirar, Luciana Lopes Costa.

Para a fisioterapeuta, a má postura não está restrita apenas ao ambiente de trabalho, o comportamento do indivíduo dentro de casa e até quando realiza exercícios podem intensificar o problema. “Essa falta de preocupação com a postura, produz na coluna descompensações, que podem modificar a curvatura normal, causando problemas como escoliose, hipercifose e hiperlordose. Em casos mais graves a doença evolui para artroses, protusão e hérnias discais”, explica a professora da Faculdade Inspirar.

Nesses casos, a fisioterapia é o tratamento mais indicado. As área ideais para o tratamento são a Osteopatia – que ajuda a restabelecer a mobilidade e dar equilíbrio ao sistema musculoesquelético - e o RPG - reabilitação postural com exercícios específicos de equilíbrio muscular. “Exercícios de alongamento e fortalecimento também são essenciais para manutenção do tônus postural como o Iso Stretching e o Pilates”, completa Costa.

Algumas dicas podem ajudar o trabalhador a se manter longe dessas dores. Para os sedentários, os exercícios devem começar a fazer parte da rotina, já que a musculatura tende a se acomodar na vida diária, causando dores. Porém, todo exercício deve ser acompanhado de um profissional especializado. “A fisioterapia não é só para tratamento, também é uma forma de boa avaliação para indicar seu melhor exercício”, garante a fisioterapeuta.

Profissionais

Para os profissionais que buscam especialização na área a Faculdade Inspirar conta com diversos cursos de Pós-Graduação e de extensão na área, entre eles o curso MBA Ergonomia Aplicada no Ambiente de Trabalho, que contribui para a solução de problemas como posturas inadequadas, movimentos repetitivos e ritmo intenso de trabalho. Para mais informações acesse o site. www.inspirar.com.br

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL - 248.529 MORTES
Covid-19: Brasil registrou 62.715 infectados em 24 horas
SONAMBULA
Fisioterapeuta cai de janela de hotel após crise de sonambulismo
300TÃO
PEC da retomada do auxílio emergencial de R$300 deve ser votada na quinta-feira pelo Senado
SURTO DE COVID
Prefeito pede socorro nas redes sociais: 'Me ajude, pois sozinho eu não dou conta'
REPORTAGEM DO FANTÁSTICO
Delegada trocava favores e falava informalmente com Padre Robson: 'oi, sumido'
AFOGAMENTO
Mulher que não sabia nadar tenta ajudar marido e casal desaparece em rio
GasolinaIra SALVE-SE QUEM PUDER
Petrobras anuncia reajuste de 10,2% na gasolina e de 15% no diesel
CRIME DETALHADO
Assassino amarrou, espancou e degolou empresária por dívida de R$ 1,4 mil
MUTAÇÃO DO VIRUS - ALERTA
Brasil pode ficar isolado mundialmente por causa de variantes da covid-19
CNH GRÁTIS
CNH Grátis 2021: DETRAN libera 8 mil carteiras gratuitas; inscreva-se